PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Ramírez lamenta "detalhes" e diz que Inter não foi inferior ao Grêmio

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

16/05/2021 19h02

Classificação e Jogos

Miguel Ángel Ramírez lamentou os "detalhes" que fizeram o Inter perder o segundo clássico sob seu comando. Hoje (16), o time vermelho saiu na frente, mas levou a virada do Grêmio no jogo de ida da final do Gauchão. Ainda que, na opinião do espanhol, não tenha sido superior.

"Creio que fomos capazes de fazer o que treinamos. Eles (jogadores) sabem disso. Uma partida contra o rival é decidida nos detalhes. E nestes detalhes precisamos estar concentrados, no tempo, no espaço... Com jogadores de hierarquia, como eles (Grêmio) têm na frente, iriam nos castigar em algum momento. Fomos capazes de jogar, tivemos chances de gol, perdemos uma no final... Às vezes têm coisas que não controlamos. Tem dias que nos entram seis gols, outros dias que não entra nada. É assim. Em um jogo pode acontecer muitas coisas, e algumas delas é questão de sorte, de detalhe", disse o treinador.

O Colorado marcou primeiro, com Galhardo. Mas, no segundo tempo, o Grêmio cresceu e fez dois gols de cabeça. O primeiro com Diego Souza e o segundo com Ricardinho.

Entre os "detalhes" citados pelo espanhol, a questão física novamente esteve em pauta.

"A sequência de partidas têm nos pesado as pernas nos últimos minutos. Não podemos substituir todos os jogadores. Pesa as pernas e a cabeça já não consegue pensar. Mas o espírito é seguir buscando o ataque. Não temos que guardar nada. Até porque hoje era uma final de 180 minutos (ida e volta), precisávamos fazer os gols. Também por filosofia e espírito. Fizemos isso hoje, fizemos na Venezuela. Marcamos o primeiro e tentamos o segundo. Quando goleamos, isso era um elogio, agora, o Inter tenta fazer os gols, e dessa vez acabamos sofrendo", comentou.

Porém, na avaliação dele, o time adversário não foi superior ao Colorado, como não tem ocorrido nas derrotas recentes.

"Nas derrotas que tivemos, o time adversário não foi superior a nós. Isso sim me preocuparia. Não teria como contestar, chegaram por todos os lados, mas isso não aconteceu. Creio que o único jogo em que não tivemos o controle foi na Bolívia (contra o Always Ready), e sabemos das condições da partida (altitude). Nas demais, dominamos, tivemos chances claras. A verdade é que eu me preocuparia se fôssemos inferiores. Agora, como fomos sempre capazes, vamos ir refinando estes detalhes dos jogos que perdemos. Um ou dois detalhes", disse.

O Inter precisa vencer na Arena do Grêmio. Se fizer 1 a 0, o Colorado leva a decisão para os pênaltis. Caso vença por dois ou mais, é campeão do Gauchão 2021. Qualquer outro resultado dá Grêmio.

Antes, porém, há no calendário a partida contra o Olimpia, quinta-feira, pela Libertadores. O jogo também é decisivo para meta de classificação às oitavas de final.

Internacional