PUBLICIDADE
Topo

Inglês - 2020/2021

Leicester vence o Manchester United e o Manchester City é campeão inglês

Soyuncu comemora após marcar para o Leicester contra o Manchester United - Peter Powell - Pool/Getty Images
Soyuncu comemora após marcar para o Leicester contra o Manchester United Imagem: Peter Powell - Pool/Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

11/05/2021 15h52

Classificação e Jogos

O Leicester venceu o Manchester United por 2 a 1 no Old Trafford, hoje. Com gols de Thomas e Söyüncü, os visitantes levaram a melhor e garantiram o título do Campeonato Inglês para o Manchester City. Greenwood foi quem marcou pelos comandados de Solskjaer.

O Manchester United, atual vice-colocado, precisava de uma vitória para adiar o título dos rivais. Porém, o Leicester entrou em campo para assegurar uma possível vaga na zona de classificação para a Liga dos Campeões da próxima temporada.

Com o resultado, os comandados de Brendan Rodgers assumiram a terceira colocação da tabela, com 66 pontos. Na sua frente estão os Red Devils, com 70 pontos e os campeões da atual edição da Premier League, com 80 pontos, que não podem ser alcançados mais com o número de rodadas restantes.

Primeiro tempo:

Aproveitando o fato de que o Manchester United estava com um time mesclado para o confronto de hoje, o Leicester impôs um ritmo de jogo mais acelerado no começo da partida. Aos 10 minutos, após uma jogada trabalhada desde o setor defensivo com passes rápidos, Tielemans encontrou o jovem de 19 anos Thomas livre para abrir o placar no Old Trafford.

A resposta veio em menos de cinco minutos. Aos 15 de jogo, Greenwood recebeu um passe de Amad Diallo. Ao entrar na área, o jovem do United bateu cruzado e não deu chances para o goleiro Kasper Schmeichel.

Depois do gol do empate, os comandados de Solskjaer passaram a comandar a partida, mesmo sem seus principais titulares em campo. Diante disso, os mandantes pressionaram o setor defensivo da equipe visitante, que conseguiu segurar o resultado durante os 45 minutos iniciais do duelo.

Segundo tempo:

A segunda etapa começou com maior controle do Manchester United. Por mais que o Leicester tivesse arriscado um pouco mais, os donos da casa mantiveram a frequência de ataques e apresentaram um setor defensivo bem sólido, evitando maiores oportunidades por parte de Vardy e companhia.

A fim de concretizar uma possível vitória, o comandante dos mandantes optou por Rashford e Cavani em campo. Porém, alguns minutos após a entrada dos dois jogadores, o Leicester voltou para a frente do placar. Nas costas de Matic, o zagueiro turco, Söyüncü deixou o placar em 2 a 1 para os visitantes.

Depois do gol, os comandados de Brendan Rodgers passaram a ter mais controle da partida e fizeram com que o Manchester United se expusesse um pouco mais. A fim de criar mais oportunidades, Bruno Fernandes entrou para a partida aos 32 do segundo tempo, mas não alterou muito o cenário que dava o título da Premier League para o Manchester City.

Manchester City campeão:

Com o resultado, os comandados de Pep Guardiola garantiram o sétimo título do Campeonato Inglês. Com 80 pontos, o clube não pode ser mais alcançado pelo segundo colocado Manchester United, que tem 70 pontos e apenas três jogos, o que faz com que some apenas mais nove pontos, caso vença os três duelos que tem pela frente.

O City poderia ter garantido o título no último final de semana contra o Chelsea, porém, após a derrota para os comandados de Thomas Tuchel, o City adiou a conquista, que aconteceu nesta terça-feira, 11, após a vitória do Leicester contra o Manchester United.

Próximos compromissos:

O Manchester United volta aos gramados na próxima quinta-feira, 13, quando enfrenta o Liverpool, pelo Campeonato Inglês. Depois disso, terá o Fulham, na terça-feira, 18, e o Wolves, no domingo, 23, todos pela Premier League.

Depois desta sequência, no dia 26 de maio, o time inglês enfrenta o Villarreal pela final da Liga Europa.

Já o Leicester enfrenta o Chelsea no sábado, 15, pela final da Copa da Inglaterra. Depois disso, na terça-feira, 18, joga novamente contra os comandados de Thomas Tuchel, só que desta vez pelo Campeonato Inglês. Depois disso, no domingo, 23, finaliza a participação na Premier contra o Tottenham.