PUBLICIDADE
Topo

Santos

Santos investe em Zé Roberto como executivo de futebol, mas ouve recusa

Zé Roberto comemora classificação do Santos na Libertadores - Instagram
Zé Roberto comemora classificação do Santos na Libertadores Imagem: Instagram

Gabriela Brino

Colaboração para UOL, em Santos

03/05/2021 23h08

O Santos ofereceu na manhã desta segunda-feira (3) o cargo de executivo de futebol a Zé Roberto. A diretoria viu boa oportunidade, sobretudo por identificar no elenco atual uma admiração pelo ex-jogador de 46 anos, mas ele não aceitou os termos oferecidos.

"Fiquei extremamente feliz com o convite, mas não pude aceitar. Desejo muita sorte ao clube nesse processo de contratação", disse o ex-atleta, que jogou pelo Santos em 2006 e 2007, em contato com o UOL Esporte.

Zé Roberto chegou a trabalhar como assessor técnico do Palmeiras em 2019, sendo um elo entre os jogadores e a comissão técnica. Acabou migrando, porém, para a área de marketing, se tornando um dos embaixadores do clube — à época, alegou que sua agenda de compromissos não permitia que acompanhasse o elenco no dia a dia.

Na última sexta-feira o Peixe esteve perto de fechar com Klauss Câmara, ex-Grêmio, mas voltou atrás da decisão após uma votação no Comitê de Gestão. No momento o clube também busca um treinador para substituir Ariel Holan, que entregou o cargo na última semana (26). Guto Ferreita e Lisca foram procurados, mas as conversas não evoluíram. Fernando Diniz ainda não recebeu contato formal.

Sem novidades, o Santos irá a campo amanhã com o auxiliar-técnico Marcelo Fernandes à frente da equipe, contra o The Strongest, na Vila Belmiro, às 19h15, pelo terceiro jogo da fase de grupos da Copa Libertadores da América.

Santos