PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Bayern de Munique confirma que não participará da Superliga

Bayern de Munique é campeão do Mundial de Clubes da Fifa - MOHAMMED DABBOUS/REUTERS
Bayern de Munique é campeão do Mundial de Clubes da Fifa Imagem: MOHAMMED DABBOUS/REUTERS

Colaboração para o UOL, em São Paulo

20/04/2021 11h20

O Bayern de Munique se posicionou oficialmente nesta manhã sobre a Superliga. De acordo com palavras do presidente Herbert Hainerdiz, o time bávaro diz não à novidade.

"Nossos membros e fãs rejeitam uma Superliga. Como Bayern, é nosso desejo e nosso objetivo que os clubes europeus vivam esta maravilhosa e emocionante competição da Liga dos Campeões e a desenvolvam em conjunto com a UEFA. O Bayern diz não à Superliga", diz parte da nota.

Sobre a decisão, o presidente do conselho Karl-Heinz Rummenigge cravou a ausência do clube alemão no projeto, o que já era especulado pelas mídias locais, devido a recusa apresentada pela Federação Alemã de Futebol.

"Em nome da diretoria, posso afirmar expressamente que o Bayern não participa da Superliga. O Bayern é solidário com a Bundesliga. Foi e sempre foi um grande prazer para nós podermos jogar como representante da Alemanha na Liga dos Campeões", disse ele, que completou:

"Todos ainda nos lembramos com carinho da vitória na Liga dos Campeões em Lisboa em 2020, um momento tão feliz que nunca foi esquecido. Para o FC Bayern, a Liga dos Campeões é a melhor competição de clubes do mundo."

O que é a Superliga?

O futebol europeu está em alta nos holofotes das mídias desde o último domingo. 12 dos mais tradicionais clubes da Europa anunciaram a criação da Superliga. O torneio surge com a intenção de substituir a Liga dos Campeões e travou uma guerra contra a Uefa e outras autoridades do esporte.

Administrada por Real Madrid, Barcelona, Atlético de Madri, Milan, Juventus, Inter de Milão, Chelsea, Tottenham, Arsenal, Manchester United, Manchester City e Liverpool, a novidade pode alterar toda a estrutura vigente no futebol mundial.

Esporte