PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Liminar suspende demissões de funcionários do Inter; clube avalia recurso

Departamento jurídico do Inter estuda próximos passos após liminar da Justiça - Marinho Saldanha/UOL
Departamento jurídico do Inter estuda próximos passos após liminar da Justiça Imagem: Marinho Saldanha/UOL

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

19/04/2021 11h07

Uma liminar concedida pela juíza Valdete Souto Severo, da 4ª Vara do Trabalho de Porto Alegre, suspendeu as 60 demissões ocorridas no Internacional no último dia 7. A solicitação foi feita pelo SECEFERGS (Sindicato dos Empregados em Clubes Esportivos e Federações do Rio Grande do Sul).

Em nota, o Sindicato informa que a suspensão das demissões ocorre "até que haja prova de marcação e da realização de exames médicos das demissões, incluindo exame de sangue e do PCR para aferição de contaminação com o vírus SARS-COV2 e cerificação de suas condições de saúde".

Em contato com a reportagem do UOL Esporte, o Internacional informou que foi notificado e estuda qual decisão será tomada.

"O Clube recebeu a notificação na manhã desta segunda-feira. Desta forma, o departamento jurídico está analisando qual recurso será tomado", informou o Colorado.

No último dia 7, o Colorado efetuou ao menos 50 demissões. O número, contando os dias seguintes, passou de 60. O CEO do clube, Giovane Zanardo, explicou ao UOL Esporte que os cortes foram necessários pela crise financeira vivida pelo Inter, e que a meta é poupar R$ 60 milhões no ano — considerando um conjunto de ações de corte de gastos.

"Não gostaríamos de ter tomado esta atitude. Obviamente foi muito duro para nós. É um remédio amargo a redução no quadro pessoal, mas era necessário dentro do conjunto de ações que estamos tomando", contou Zanardo.

Internacional