PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Grêmio monta nova diretoria de futebol antes de fechar com Tiago Nunes

Marcello Zambrana/AGIF
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

18/04/2021 04h00

O Grêmio procurou Tiago Nunes e vê o treinador, ex-Athletico-PR e Corinthians, como o preferido para substituir Renato Portaluppi. Mas o acerto depende de outras mudanças que o clube tem feito nos últimos dias. A ideia gremista é montar uma nova diretoria de futebol nas próximas horas e, só então, assinar contrato com o novo técnico.

A cúpula do futebol do Grêmio será alterada na ideia de descentralizar decisões que antes eram reunidas na figura de Renato e com participação do presidente Romildo Bolzan Jr. e Carlos Amodeo, CEO do clube.

O desgaste de Renato com os dirigentes se acentuou ao longo de 2020 e 2021 justamente pela relação do dia a dia, com tomadas de decisão centralizadas no treinador. O próprio Portaluppi também chegou ao ponto de se sentir exposto e desgastado.

O Grêmio trabalha internamente para definir os dirigentes políticos. Marcos Hermann, vice-presidente e integrante do Conselho de Administração, é o favorito para ocupar o cargo de vice de futebol. A estrutura ainda vai ter dois diretores políticos, ou seja, não remunerados. E o plano também é ter um diretor executivo, a ser contratado.

Os rumos da contratação do novo treinador não devem mudar, já que Hermann participou da reunião que definiu a saída de Renato e indicou Tiago Nunes como nome preferencial. As conversas com o técnico, livre no mercado da bola, começaram na sexta-feira (16). Já houve negociação sobre tempo de contrato e discussão de valores.

O Grêmio afirma publicamente não ter pressa para escolher um novo técnico. A postura soma respeito à figura de Renato Portaluppi e estratégia de mercado. A meta é ter o treinador à beira do gramado na estreia da Copa Sul-Americana, diante do La Equidad-COL, na quinta-feira (22), em Porto Alegre.

Hoje (18), o time gremista enfrenta o Novo Hamburgo pelo Campeonato Gaúcho. Thiago Gomes, treinador da equipe de transição, atua como interino. Com a chegada do novo técnico, Gomes deve se tornar auxiliar técnico permanente no grupo principal.

Futebol