PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Rony herda camisa 7 de Dudu no Palmeiras e comemora: "É um sonho"

Rony durante o treino do Palmeiras nesta segunda (05) - Cesar Greco/ Palmeiras
Rony durante o treino do Palmeiras nesta segunda (05) Imagem: Cesar Greco/ Palmeiras

Colaboração para o UOL, em São Paulo

05/04/2021 17h16

Às vésperas da partida contra o Defensa y Justicia, pela primeira final da Recopa, Rony assumiu a tradicional camisa 7 do Palmeiras, que já pertenceu a Edmundo, Paulo Nunes e, mais recentemente, a Dudu. O atacante, inclusive, jogava com essa numeração nos clubes em que passou, como Náutico e Athletico-PR.

"Estou muito feliz por voltar a vestir o número 7, até pelo fato de se tratar de um clube como o Palmeiras. Quando saiu a numeração e eu estava com a 7, fiquei muito feliz, transbordei de alegria. É uma felicidade imensa. Acredito que é uma conquista para o jogador estar vestindo o número 7 do Palmeiras", disse o jogador.

"Acredito que é o sonho de qualquer jogador estar vestindo essa camisa, que tem muita história, muita tradição, vários jogadores que foram ídolos aqui no Palmeiras vestiram essa camisa, como Edmundo e Dudu. Espero dar continuidade fazendo história com essa camisa", completou.

rony-camisa - Cesar Greco/ Palmeiras - Cesar Greco/ Palmeiras
Rony será o novo camisa 7 do Palmeiras
Imagem: Cesar Greco/ Palmeiras

O atacante que que possui 11 gols pelo Verdão e foi um dos artilheiros da Copa Libertadores, com cinco tentos anotados, também comentou o duelo em Buenos Aires, na quarta-feira:

"Está todo mundo focado no objetivo que é, mais uma vez, ser campeão com o Palmeiras. Estou muito feliz de estar participando, espero mais uma vez dar o meu melhor, dando títulos e alegria aos torcedores, que sempre nos apoiam e estão nos dando força. São dois jogos, é ir lá, fazer um bom trabalho, e trazer um bom resultado aqui para dentro de casa".

"Foi uma semana (a passada) muito boa de preparação. Estamos todos focados no objetivo que é ser campeão de novo. A nossa meta é ir para a Argentina, fazer um bom trabalho e trazer um bom resultado para o Brasil. O Defensa é um time que luta até o fim, que nunca desiste, e acredito que será um jogo bem disputado", encerrou.

Palmeiras e Defensa y Justicia jogam nesta quarta-feira (07), a partir das 21h30 (de Brasília), no Estádio Norberto "Tito" Tomaghello.

Futebol