PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Parado há um ano, Sylvinho prioriza Europa e tem "empurrão" de Deco

Matthias Rietschel/Reuters
Imagem: Matthias Rietschel/Reuters

Bruno Andrade

Colaboração para o UOL, em Lisboa (POR)

05/04/2021 08h21

Livre no mercado desde outubro de 2019, quando deixou o comando do Lyon, Sylvinho já não vê a hora de voltar a trabalhar. O UOL Esporte apurou que a preferência do jovem treinador passa por continuar a carreira na Europa, preferencialmente em quatro países: Espanha, Inglaterra (inclui a segunda divisão), Itália ou Portugal.

Enquanto aguarda ofertas, o ex-lateral-esquerdo e antigo auxiliar de Tite na seleção brasileira está morando no Porto, em Portugal, onde conta com o apoio constante do ex-companheiro Deco, com quem jogou durante anos no Barcelona - ajudou, por exemplo, a acelerar todas as burocracias para o amigo dar os primeiros passos em Portugal.

Influente no mercado europeu, o ex-craque luso-brasileiro, que atua como agente de vários jogadores, como Fabinho (Liverpool) e Raphinha (Leeds), tem indicado o nome de Sylvinho para alguns clubes. Oficialmente, no entanto, são outros dois ex-jogadores que trabalham no dia a dia como representantes do treinador: o ex-lateral Fábio Aurélio e o ex-atacante Edu Schmidt.

Sylvinho, hoje com 46 anos, defendeu o Celta de Vigo no início dos anos 2000 ao lado de Edu, que, ao pendurar as chuteiras, resolveu entrar no ramo empresarial, juntamente com o velho conhecido Fábio Aurélio - ambos foram revelados pelo São Paulo, no fim dos anos 90.