PUBLICIDADE
Topo

Gaúcho - 2021

Gre-Nal: Renato encara 7º técnico diferente desde 2016, e só perdeu para 2

Renato Gaúcho, técnico do Grêmio, encara sétimo rival diferente no clássico - Lucas Uebel/Getty Images
Renato Gaúcho, técnico do Grêmio, encara sétimo rival diferente no clássico Imagem: Lucas Uebel/Getty Images

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

03/04/2021 12h00

Classificação e Jogos

O duelo entre treinadores no Gre-Nal revela como foram distantes os últimos anos de Inter e Grêmio. Enquanto Renato Gaúcho ocupa o reservado gremista desde setembro de 2016, o Colorado tem se pautado por trocas de treinador. Com isso, Poraluppi irá para o sétimo rival diferente na atual passagem pelo clube.

Mais longevo em atividade no Brasil, Renato tem campanha apoiada em conquistas no Grêmio. Ergueu a taça da Copa do Brasil, da Libertadores, da Recopa, do Estadual, entre outras. Também não faltaram boas campanhas e avanços até os momentos decisivos de quase todos os torneios disputados.

O retrospecto no Gre-Nal não é diferente. Levando em conta apenas a atual passagem são 19 confrontos, com oito vitórias, oito empates e somente três derrotas, aproveitamento de 56%.

E no período em que só ele ocupou o comando gremista, seis técnicos estiveram do lado oposto. Miguel Ángel Ramírez, que estreia no maior jogo de futebol do Rio Grande do Sul, será o sétimo rival do ex-atacante.

O primeiro a encarar Renato na atual passagem foi Celso Roth, no duelo válido pelo Brasileiro de 2016. O jogo terminou empatado em 0 a 0. Ao final daquele ano, o Colorado caiu para Série B.

Por isso, em 2017 só houve enfrentamento pelo Estadual. O único Gre-Nal daquela temporada — pois o Grêmio não chegou à decisão do torneio — foi pela primeira fase e terminou também empatado, desta vez em 2 a 2. Antonio Carlos Zago era o treinador do Inter.

No ano seguinte, o Colorado já estava sob comando de Odair Hellmann, que foi o mais longevo no comando do time desde a década de 70. Com ele no reservado foram nove jogos, três vitórias do Grêmio, quatro empates e duas vitórias do Inter. Odair foi demitido em outubro de 2019.

No mesmo ano ainda houve tempo para um clássico com outro rival para Renato. Em novembro de 2019, Zé Ricardo foi derrotado por 2 a 0 na única chance que teve contra o Tricolor.

A temporada 2020, porém, começou com nova esperança para o Inter. Eduardo Coudet enchia a torcida de motivos para sonhar. Porém, virou pesadelo. O desempenho contra o tradicional oponente foi um dos fatores mais negativos na passagem do argentino pelo Beira-Rio. Com menos de um ano de comando, teve seis clássicos contra Renato, perdeu quatro e empatou dois. Em novembro, pediu demissão para assumir o Celta, da Espanha, sem conhecer vitória no Gre-Nal.

Após um tabu de 10 partidas, coube a Abel Braga fechar a lista de adversários de Renato. Em janeiro de 2021, o duelo válido pelo Brasileiro de 2020 acabou com vitória do time vermelho de virada, por 2 a 1, graças a um gol de pênalti nos acréscimos.

Somente Abel e Odair venceram Renato em 19 clássicos na atual passagem dele pela Arena.

Inter e Grêmio jogam neste sábado, às 22h15 (de Brasília), pela nona rodada da primeira fase do Gauchão.