PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ceará vence CSA pela Copa do Nordeste e encosta na liderança do Grupo A

Equipe do Ceará comemora vitória diante do CSA - Felipe Santos/cearasc.com
Equipe do Ceará comemora vitória diante do CSA Imagem: Felipe Santos/cearasc.com

Bruno Fernandes e Josué Seixas

Colaboração para o UOL, em Maceió

31/03/2021 21h39

Classificação e Jogos

O Ceará venceu o CSA, nesta quarta-feira (31), por 2 a 0, e encostou na liderança do Grupo A. Os gols da partida foram marcados por Mendonza, aos 18 minutos do primeiro tempo, e por Felipe Vizeu, aos 42 da segunda etapa. A equipe cearense vinha de três empates na competição. Com 10 pontos, o Vozão está na terceira posição do Grupo A, empatado com o Bahia e a um ponto do líder CRB. O CSA, com 9 pontos, mantém o segundo lugar no Grupo B.

Vale lembrar que a partida foi a primeira a ser transmitida também pelo TikTok. O jogo alcançou mais de 100 mil espectadores.

CSA começa com o pé esquerdo

O CSA precisou substituir dois jogadores nos primeiros 5 minutos de partida. Com um minuto de jogo, o lateral Cristovam sentiu um incômodo na coxa esquerda e pediu para sair. Pouco tempo depois, aos três minutos, Mendoza chegou para mandar para o gol, mas o goleiro do CSA afastou o perigo. No lance, o defensor se machucou em uma dividida com o atacante e precisou ser substituído por Darley.

Ceará aproveita mudanças e abre o placar

O começo do jogo foi totalmente dominado pelo Ceará. O time teve três oportunidades dos 11 aos 20 minutos da etapa inicial. A primeira surgiu de um chute de Cléber, que passou perto das traves defendidas pelo goleiro Darley. Vina também teve chance aos 16, mas o goleiro do Azulão conseguiu fazer a defesa. Aos 18, entretanto, a bola entrou. Mendonza recebeu perto do meio de campo e correu até próximo da grande área, de onde chutou com muita força, sem chances para Darley.

Azulão se perde na partida

A equipe azulina sentiu a substituição precoce de seus dois atletas e se perdeu em campo sem conseguir mostrar ofensividade à equipe cearense. Durante toda primeira etapa, o CSA deu apenas dois chutes a gol. O último deles após Vítor Costa inverter para Rodrigo Pimpão e cruzar para Dellatorre, que conseguiu finalizar, mas a bola passou por cima do gol. O Ceará, por outro lado, finalizou cinco vezes.

Segundo tempo começa mais aberto

CSA e Ceará dividiram as chances nos primeiros minutos do segundo tempo. Aos 5 minutos, após cobrança de escanteio, a bola foi cruzada na área e Rodolfo Filemon, zagueiro do CSA, tentou cabeceá-la para o gol, mas sem sucesso. No minuto seguinte, Mendonza disparou com a bola, entrou na grande área e tocou para trás. Vina recebeu o passe e chutou, mas a bola passou ao lado da trave do goleiro Darley, do CSA. Aos 9, Mendonza não quis saber de passar e tentou ele mesmo. O chute de canhota foi fraco, de defesa fácil para o goleiro do Azulão.

CSA pressiona pelo empate, mas Ceará amplia

O CSA começou a pegar gosto pelo jogo depois que voltou do intervalo. A melhor chance, entretanto, apareceu somente aos 24 minutos, numa jogada com bom trabalho de bola. Apesar da tentativa, foi a equipe cearense quem balançou a rede. Felipe Vizeu entrou no jogo iluminado. Foi no primeiro toque dele que veio o gol, aos 42 minutos. O Ceará não estava ameaçando, mas o escorregão de Marquinhos facilitou a construção do ataque do time. Mendonza recebeu a bola e mandou para Vizeu, que só empurrou.

Destaque

A partida teve a marca de Mendonza. O colombiano, que chegou há pouco tempo no Ceará, mostrou toda sua habilidade. Fez o gol que abriu o placar, construiu jogadas em alta velocidade e deu o passe para Vizeu fechar a conta.

FICHA TÉCNICA
COPA DO NORDESTE - 6ª RODADA
CSA 0 x 2 Ceará

Data: 31/03/2021 (Quarta-feira)
Local: Arena Castelão (CE)
Árbitro: Zandick Gondim/RN
Auxiliares: Reinaldo de Souza/RN e Luis Carlos de França/RN
Cartões amarelos: Marco Túlio (CSA), Marquinhos (CSA) Bruno Pacheco (CEA), Richard (CEA), Saulo Mineiro (CEA) e Rick 2x (CEA).
Gols: Mendonza (CEA) e Felipe Vizeu (CEA)

CSA: Thiago Rodrigues (Darley), Cristovam (Marquinhos), Lucão, Rodolfo Filemon, Vitor Costa (Tito), Geovane (Ítalo), Silas, Marco Túlio (Silvinho), Rodrigo Pimpão, Dellatorre, Iury. Técnico: Mozart.

Ceará: Richard, Gabriel Dias (Eduardo), Messias, Luiz Otávio, Bruno Pacheco, Charles (Pedro Naressi), Oliveira, Vina (Rick), Mendoza, Cléber (Marlon), Saulo Mineiro (Felipe Vizeu). Técnico: Guto Ferreira.

Futebol