PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Cruzeiro impõe multa de R$ 500 mil e dividirá salário de Popó com o Goiás

Vinícius Popó marcou mais de cem gols na base da Raposa, mas já foi emprestado para o Sport e o Goiás - Rodolfo Rodrigues/Cruzeiro
Vinícius Popó marcou mais de cem gols na base da Raposa, mas já foi emprestado para o Sport e o Goiás Imagem: Rodolfo Rodrigues/Cruzeiro

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

13/03/2021 04h00

Classificação e Jogos

O desempenho de Vinícius Popó na base do Cruzeiro chamou muito a atenção de alguns treinadores da Raposa e do mercado da bola, mas nem mesmo os mais de 130 gols anotados pelo atacante, desde a categoria pré-infantil, não o garantiram uma boa sequência no time principal. Tanto que foi novamente emprestado e, agora, vestirá a camisa do Goiás até o final de 2021. Antes, defendeu as cores do Sport, também por empréstimo.

A ida de Popó ao Esmeraldino foi anunciada oficialmente pelo Cruzeiro na última quinta-feira (11) e o UOL Esporte apurou detalhes contratuais do empréstimo do garoto ao time goiano.

Cruzeiro e Goiás dividirão despesa salarial na casa dos R$ 40 mil, cada um pagando 50% do valor. Além disso, como as duas equipes se enfrentarão na Série B do Campeonato Brasileiro deste ano, caso o clube do Centro-Oeste queira escalar Vinícius Popó contra o time que detém seus direitos econômicos, terá que pagar meio milhão como compensação.

Como há turno e returno na Segunda Divisão, essa multa poderia render aos cofres do Cruzeiro R$ 1 milhão caso o jogador entre em campo nas duas partidas da competição nacional.

O contrato de Vinícius Popó com o Cruzeiro tem validade até o fim de 2024 e a multa para transferências internacionais atinge R$ 638 milhões. O atleta foi cedido ao Sport no ano passado, mas fez apenas um jogo com a camisa do Leão Pernambucano, anotando um gol.

Cruzeiro