PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Fla vê Bruno Viana como modelo de negócio e mira oportunidades de mercado

Zagueiro Bruno Viana foi anunciado como novo reforço do Flamengo - Marcelo Cortes/Flamengo
Zagueiro Bruno Viana foi anunciado como novo reforço do Flamengo Imagem: Marcelo Cortes/Flamengo

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

10/03/2021 04h00

Classificação e Jogos

Após duas temporadas marcadas por muito apetite no mercado da bola, o Flamengo se ajusta a uma nova realidade em tempos de pandemia e troca a agressividade pelo faro de oportunidades para se reforçar.

Com pouco dinheiro no caixa, o Fla usa a vida do zagueiro Bruno Viana como modelo. Sem chances no Braga (POR), o defensor veio por empréstimo e com opção de compra dos direitos econômicos no valor de 7 milhões de euros (aproximadamente R$ 48,5 milhões). Tido como jogador de potencial, Viana se enquadra na equação entre custo e expectativa. Possíveis trocas também são consideradas uma boa fórmula.

Como o elenco flamenguista é recheado de astros e alguns jovens da casa pediram passagem em 2020, o Rubro-Negro não se afoba e calcula com calma os movimentos. A tendência é que não mais de três novas peças reforcem o time de Rogério Ceni em um primeiro momento da temporada.

O técnico, aliás, intensificou as conversas por estes ajustes no elenco. Depois de curtir uns dias de descanso ao fim do Campeonato Brasileiro, Ceni antecipou o retorno aos trabalhos e já conversou pessoalmente com o vice de futebol Marcos Braz. Antes mesmo do octacampeonato, o planejamento já estava traçado, mas a presença do treinador vai acelerar algumas medidas.

"Achei que deveria voltar mais cedo para reorganizar a pré-temporada, treinamentos e desenhar novos treinamentos para que a gente faça uma pré-temporada adequada", disse Ceni à FlaTV.

Ao passo que nomes chegam aos montes na mesa da cúpula de futebol, o Rubro-Negro só tem uma negociação realmente em curso: a volta do lateral direito Rafinha. A novela se arrasta, as partes aparam arestas financeiras, mas os dois lados acreditam em um final feliz. Se tudo correr como o esperado, o jogador pode já estar presente na reapresentação do elenco principal, na próxima segunda-feira (15).

Com as receitas comprometidas pela Covid-19, a manutenção dos astros é considerada ainda mais importante do que as eventuais chegadas. Embora não haja nenhuma transação no momento, existe o temor de que algum dos astros tenha de ser negociado mais adiante. Com entradas financeiras essenciais comprometidas pela crise, dificilmente o Fla será capaz de honrar compromissos se a crise persistir.

Garotos em ação

Enquanto os campeões seguem de férias, os meninos da casa são os responsáveis por iniciar a disputa do Carioca. Ainda que nomes como João Gomes e Rodrigo Muniz já sejam conhecidos de Ceni, o treinador deixou claro que este campo de observação está aberto:

"Muitos garotos eu já conheço, outros estão nas categorias de base e isso serve como observação. Vou participar, olhar e acompanhar os treinamentos do Maurício [Souza, técnico do sub-20] e discutir alguma situação de jogo", comentou o treinador.

Flamengo