PUBLICIDADE
Topo

Santos

Libertadores: Santos vence Deportivo Lara com gol de zagueiro de 17 anos

Kaiky comemora gol do Santos contra o Deportivo Lara, pela fase preliminar da Libertadores - Fernanda Luz/AGIF
Kaiky comemora gol do Santos contra o Deportivo Lara, pela fase preliminar da Libertadores Imagem: Fernanda Luz/AGIF

Gabriela Brino

Colaboração para UOL, em Santos

09/03/2021 21h12

Classificação e Jogos

O Santos venceu o Deportivo Lara hoje (9) por 2 a 1, na Vila Belmiro, na estreia pela Copa Libertadores America 2021 — menos de um mês e meio após o vice-campeonato na edição passada, diga-se. Os gols foram de dois "Meninos da Vila", ambos no segundo tempo: o volante Vinicius Balieiro e Kaiky, zagueiro de 17 anos que deve ganhar sequência na posição.

Foi o primeiro gol de Kaiky como profissional. Numa escolha ousada do técnico Ariel Holan par aum jogo de mata-mata, o novato ganhou a oportunidade após se destacar em treinos, enquanto Luiz Felipe falhou no clássico contra o São Paulo, pelo Campeonato Paulista, no sábado passado. Além da presença ofensiva, o jovem teve desempenho acima da média na defesa, livrando o Santos de algumas situações perigosas.

Agora, o Santos tem o direito de jogar pelo empate na partida de volta contra os venezuelanos, na próxima terça-feira (16), para seguir no torneio continental.

Agressivo

O juiz mal apitou, e o Deportivo Lara chegou com perigo na área do Santos. Dárwin Gómez cabeceou, mas mandou para fora. Mas não demorou para o time de Ariel Holan se mostrar dono da casa.

O Santos teve um volume grande de criação na primeira etapa. Ângelo e Marcos Leonardo foram destaques individuais logo de início. Tudo que chegava nos pés do jovem atacante de 16 anos, gerava algo para o Peixe, mas o último passe precisava de mais capricho

Superioridade

Enquanto a dupla dava trabalho na parte da frente, Soteldo destoava. O venezuelano errou praticamente tudo que tentou, embora tenha jogado com a habitual intensidade. O Santos, como um todo, teve domínio territorial. Os compatriotas de Soteldo tinham postura cautelosa, deixavam a bola para o Peixe, mas não conseguiam fechar os espaços. E o time de Holan aproveitava. Lucas Braga chegou, Felipe Jonatan também. Todas as chances foram desperdiçadas.

Joia segura

A zaga foi um ponto alto no jogo de Ariel Holan. João Paulo, seguro, fez bonita defesa em batida de Bueno. O goleiro buscou no canto. Luan Peres seguiu regular no Peixe, enquanto Kaiky teve um brilho incrível para alguém de sua idade. Aos 17 anos, a joia da base foi titular no lugar de Luiz Felipe e não só deu conta do recado, como salvou o time em corte providencial do ataque rival. O defensor se comunicou o tempo inteiro com os companheiros enquanto jogava.

Retornou melhor

Na segunda etapa o Peixe decidiu mudar o cenário, depois de desperdiçar tantas chances. Vinicius Balieiro aproveitou logo no início. Sandry despistou a marcação e passou para Alison. O experiente volante deu passe rasteiro e, na sobra da zaga, o garoto estava bem posicionado para abrir o placar.

Mal deu tempo de comemorar

O Peixe sequer teve tempo de festejar. O empate veio na sequência, em bola aérea, o que tem sido um problema constante para o time paulista. Em cobrança de escanteio, Balieiro e Lucas Braga deixam espaço para Anzola marcar.

Reviravolta

Após os gols, o jogo ficou aberto, com ambos os times buscando o ataque. O Deportivo notou a fragilidade do rival no jogo aéreo e se aproveitou dos escanteios. E se não fosse o árbitro Andres Matonte notar um impedimento, Anzola teria feito o segundo. Logo em seguida o Peixe, porém, reagiu e balançou a rede com Kaiky. Justamente após uma bola alçada à área.

Na frente no placar, ciente que há um jogo de volta pela frente, o Santos administrou o resultado, mas não deixou de ir ao ataque buscar o terceiro. O Deportivo se viu encurralado e parou de produzir, apenas se defendeu com qualidade. Jean Motam, em falta, ainda deu um susto no final. O time melhorou consideravelmente depois de sua entrada. Ele, aliás, deu assistência para Kaiky.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 2 X 1 DEPORTIVO LARA

Local e Horário:
Vila Belmiro, em Santos (SP), às 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Andres Matonte (URU)
Assistentes: Carlos Barreiro (URU) e Horacio Ferreiro (URU) VAR: Enrique Caceres (URU)
Cartões amarelos: Alison e Balieiro (SAN) e Anzola, Martín Brignani e Darvin Gómez(DEP)
GOLS: Vinicius Balieiro (1-0), Anzola (1-1), Kaiky (2-1)

SANTOS: João Paulo; Balieiro, Kaiky, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Sandry (Pirani), Soteldo, Ângelo (Bruno Marques), Lucas Braga e Marcos Leonardo (Jean Mota). Técnico: Ariel Holan.

DEPORTIVO LARA: Luis Curiel; Jonatahn España, Ignacio Anzola, Victor Sifontes e Chrisopher Rodriguez; Diego Meleán, Telasco Segovia (Jean Castillo) e Jesús Bueno; Barrios (Jesús Silva), Darwin Gómez e Gilson Salaza (Angél Sánchez) . Técnico: Leonardo González..

Santos