PUBLICIDADE
Topo

Viralizou

Foguete espacial? Entenda como é o tratamento de Neymar que intriga fãs

O atacante Neymar Jr., do PSG, ao lado de sua câmara hiperbárica - Divulgação
O atacante Neymar Jr., do PSG, ao lado de sua câmara hiperbárica Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

05/03/2021 11h47Atualizada em 05/03/2021 11h52

Classificação e Jogos

Vai pra lua, menino Ney? Recentemente o craque do PSG tem divulgado algumas fotos com máscara de oxigênio e uma "cápsula" diferente. As fotos intrigaram os fãs do atacante e chegaram a especular que ele poderia estar com coronavírus.

Mas não é nada disso. A tecnologia "diferentona" que o jogador está usando trata-se de uma câmara hiperbárica, que, através da oxigenação, melhora a recuperação dos músculos e o desempenho físico.

A meta do craque é estar alcançar 100% do condicionamento físico para quando ele puder retornar aos gramados na Liga dos Campeões. Para isso, ele está sendo acompanhado pelo fisioterapeuta Rafael Martini.

O médico explica que a câmara promove um ambiente com pressão atmosférica maior do que a encontrada no ambiente. "Isso faz com que o atleta ou paciente consiga respirar mais oxigênio do que ele conseguiria em situações de pressão atmosférica normal".

Neymar tira foto durante oxigenoterapia - Divulgação - Divulgação
Neymar tira foto durante oxigenoterapia
Imagem: Divulgação

"A captação aumentada de oxigênio nos pulmões é transmitida para os tecidos do corpo por meio da circulação sanguínea. O aumento de oxigênio disponível otimiza o processo de produção de energia. Com mais energia o corpo se recupera e funciona melhor", detalha o fisioterapeuta.

Como é o tratamento?

O craque usa o equipamento em casa uma vez por dia, por cerca de uma hora e meia em situações normais. Quando Neymar está lesionado, são pelo menos duas vezes por dia, durante uma hora com intervalo de seis horas entre as sessões.

"Ele não faz para acelerar algum processo específico, mas sim como mais um dos recursos que um atleta de alto nível utiliza no seu dia a dia", diz o fisioterapeuta.

Viralizou