PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Alta da covid-19 em MG altera palco do jogo entre URT x Cruzeiro

Arena do Jacaré recebeu os clubes de Belo Horizonte quando os estádios da capital ficaram fechados, entre 2010 e 2012 - Divulgação/Democrata-SL
Arena do Jacaré recebeu os clubes de Belo Horizonte quando os estádios da capital ficaram fechados, entre 2010 e 2012 Imagem: Divulgação/Democrata-SL

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

04/03/2021 17h14

Classificação e Jogos

As altas taxas de infecção da covid-19 em território mineiro — bem como acontece em praticamente todas as regiões do Brasil — faz com que as autoridades determinem medidas mais rígidas no combate ao vírus. Com isso, até os calendários esportivos são alterados. Fato que acontece em 60 regiões de Minas Gerais, que pelos próximos 15 dias passarão por medidas restritivas, e por isso causa até alteração do palco do jogo entre URT e Cruzeiro, anteriormente marcado para o estádio Zama Maciel, em Patos de Minas, mas que será realizado mesmo em Sete Lagoas, na Arena do Jacaré.

A decisão foi tomada hoje pela Federação Mineira de Futebol (FMF). A entidade determinou a escolha pela Arena do Jacaré depois de a URT perder prazo protocolar para determinar o novo palco da partida.

A mudança do local do confronto acontece porque a cidade de Patos de Minas, localizada no Alto do Paranaíba mineiro, foi inserida na "Onda Roxa" da nova etapa do Minas Consciente, um programa do Governo de Minas Gerais, que impõe medidas restritivas por causa do crescimento dos índices da pandemia da covid-19 no Estado.

Por causa da entrada de Patos de Minas na graduação roxa do programa, o Cruzeiro protocolou uma liminar no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) pedindo para não jogar no município. O pedido foi deferido pelo presidente do TJD, Bruno Cândido, que deu prazo para a URT, mandante do jogo, determinar o palco do duelo. Como o time do interior perdeu o prazo para tal, a própria FMF escolheu o local.

Distante cerca de 400 quilômetros de Belo Horizonte, Patos de Minas terá restrição para movimentação de pessoas entre 20h e 5h pelos próximos 15 dias. Todos os municípios que integram o programa Minas Consciente precisam cumprir a obrigação desse toque de recolher imposto pelo Governo do Estado.

Cruzeiro