PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Inter: multa rescisória de Edenilson fica menor e abre brecha de saída

Ricardo Duarte/Inter
Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Jeremias Wernek e Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

01/03/2021 16h12

Em meio às mudanças na comissão técnica, o Internacional pode ver um dos pilares do time ser novamente assediado pelo mercado da bola. Edenilson teve multa rescisória reduzida depois da negociação frustrada com o Al Ittihad, da Arábia Saudita. A mudança no valor vem à tona dias depois de o camisa 8 aparecer na seleção da CBF do Campeonato Brasileiro.

Aos 31 anos, Edenilson está no Inter desde 2017 e renovou contrato em novembro. O vínculo atual vale até o final de 2022.

Segundo apurou o UOL Esporte, a cláusula contratual de saída automática até o assédio árabe era de 5 milhões de dólares (R$ 28 milhões na cotação atual). Agora, o valor está entre 3 milhões de dólares (R$ 16,8 milhões) e 4 milhões de dólares (R$ 22,4 milhões).

A queda nos valores foi consequência da investida pesada do Al Ittihad. À época, o negócio chegou a estar acertado entre as partes. O Internacional manteve posição sobre forma de pagamento e acabou encerrando as tratativas.

Em 2019, Edenilson esteve na mira do Al-Hilal, mas o negócio também não avançou por entraves nos valores e forma de pagamento ao Internacional.

Nas últimas semanas, o estafe de Edenilson recebeu sondagens de dentro e fora do Brasil. O Atlético-MG foi um dos clubes a procurar informações, mas não avançou. A projeção é que ofertas oficiais cheguem nas próximas semanas.

Edenilson participou de 54 partidas na temporada passada e marcou nove gols.

Futebol