PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Volante do Inter é pré-convocado pelos EUA para buscar vaga na Olimpíada

Johnny, do Inter, em campo pela seleção dos Estados Unidos contra o País de Gales - Reprodução/Instagram da seleção norte-americana de futebol
Johnny, do Inter, em campo pela seleção dos Estados Unidos contra o País de Gales Imagem: Reprodução/Instagram da seleção norte-americana de futebol

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

23/02/2021 14h13

O volante Johnny, do Internacional, está entre os 48 jogadores pré-convocados pela seleção sub-23 dos Estados Unidos para classificatória da Concafcaf para os Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão. O grupo de atletas passará por um período de treinamentos, onde serão selecionados 20 para um torneio no México, que definirá dois países classificados.

Johnny já embarca neste domingo para se unir ao grupo norte-americano, no México. Por lá haverá um período de treinamentos que selecionará os 20 atletas aptos a participar da classificatória.

Como já foi chamado para seleção principal dos EUA e é presença frequente no time sub-23, Johnny tem boas chances de estar no grupo definitivo e, inclusive, no time titular.

O torneio será disputado entre os dias 18 e 30 de março, na cidade de Guadalajara. Os Estados Unidos estão no grupo A, com México, República Dominicana e Costa Rica. Dois times passam para as semifinais, e os que chegarem à final estão garantidos nos Jogos Olímpicos, que seriam disputados em 2020, mas foram adiados para 2021 em razão da pandemia de novo coronavírus.

No grupo de pré-convocados ainda chama atenção a presença de Jonathan Klinsmann, filho do antigo craque alemão, que inclusive já treinou a seleção norte-americana.

João Lucas Cardoso, o Johnny, tem 47 minutos em campo em dois jogos pelo time principal dos Estados Unidos. Ele é nascido em Denville, Nova Jersey, mas se mudou ainda criança para o Brasil. Na atual temporada ele fez 21 jogos pelo Inter, clube que defende desde as categorias de base.

Com um forte trabalho de formação, os EUA pretendem atingir protagonismo no futebol até 2026. Hoje o país já conta com vários jogadores relevantes espalhados pelo mundo, como Reyna, no Borussia Dortmund, da Alemanha, Pulisic, no Chelsea, da Inglaterra, Dest no Barcelona, da Espanha, Adams, no Leipzig, da Alemanha, e McKennie, na Juventus, da Itália.

Na seleção sub-23 já há uma série de atletas atuando na Europa, como Konrad de la Fuente, do Barcelona B, da Espanha, Ulysses Llanez Jr, do Wolfsburg, da Alemanha, Bryan Reynolds, da Roma, da Itália, e Sebástian Soto, do Norwich City, da Inglaterra.

Com o fim da temporada 2020, Johnny perderá uma parte do Estadual da temporada 2021 pelo Inter.

Internacional