PUBLICIDADE
Topo

Futebol

CBF quer explicação da empresa do VAR por causa de jogo entre Vasco e Inter

Árbitro Flávio Rodrigues analisa o VAR (árbitro de vídeo) durante a partida entre Vasco e Internacional, pelo Brasileirão 2020 - Max Peixoto/Estadão Conteúdo
Árbitro Flávio Rodrigues analisa o VAR (árbitro de vídeo) durante a partida entre Vasco e Internacional, pelo Brasileirão 2020 Imagem: Max Peixoto/Estadão Conteúdo

14/02/2021 21h32

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) disse neste domingo (14) que a Comissão Nacional de Arbitragem solicitou à empresa Hawk-Eye, responsável pela operação dos equipamentos do VAR, esclarecimentos sobre a questão técnica que prejudicou a utilização das linhas de impedimento em um dos lances do jogo entre Vasco e Internacional, válido pelo Campeonato Brasileiro, realizado neste domingo, dia 14.

A Comissão destaca que o lance, do primeiro gol do Internacional, mesmo assim foi checado pela equipe do VAR, não sendo constatado nenhum erro claro da arbitragem de campo. Portanto, conforme os princípios do Protocolo do VAR, foi corretamente mantida a decisão de campo de validar o gol, disse a CBF.

O questionamento envolve uma suposta falha técnica do VAR na verificação de um possível impedimento de Rodrigo Dourado no gol marcado pelo jogador colorado, o primeiro na vitória do colorado por 2 a 0.

O Vasco irá solicitar a anulação da partida onde foi derrotado por 2 a 0 pelo Internacional, hoje (14), em São Januário (RJ), segundo o UOL Esporte apurou com o 1º vice-presidente geral do clube, Carlos Roberto Osório.

Futebol