PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2021

Inter vence com polêmica de VAR, mantém liderança e complica o Vasco

Do UOL, no Rio de Janeiro

14/02/2021 18h01

Classificação e Jogos

Em jogo bastante polêmico, o Internacional venceu hoje (14) o Vasco por 2 a 0 em São Januário (RJ), com gols de Rodrigo Dourado e Thiago Galhardo, e se manteve na liderança do Campeonato Brasileiro, restando somente mais duas rodadas para o término da competição.

O lance que gerou mais burburinho foi o gol marcado por Rodrigo Dourado, já que, segundo o próprio jogador, o árbitro Flávio Rodrigues de Souza teria dito a ele que o VAR não estaria conseguindo usar as linhas para verificar um suposto impedimento. A situação gerou muita reclamação por parte do Cruzmaltino.

Com o resultado, o Vasco se manteve na zona de rebaixamento. O time está a um ponto do Bahia, que é o 16º colocado.

Na próxima rodada, o Inter faz confronto direto contra o vice-líder Flamengo. Já o Vasco visita o Corinthians.

Inter pode ser campeão na próxima rodada

O Internacional já pode garantir o título do Brasileirão na próxima rodada. Para isso, basta vencer o Flamengo no Maracanã (RJ).

Vasco pode ser rebaixado na próxima rodada

Já o Vasco pode ser rebaixado na próxima rodada. Para isso acontecer, o Cruzmaltino precisa perder para o Corinthians, em São Paulo (SP), e o Bahia vencer o Fortaleza, na capital cearense.

Foi bem: Benítez luta bastante

Embora estivesse muito marcado, Martín Benítez demonstrou muita raça e tentou articular as jogadas do Vasco. Faltou, porém, velocidade por parte de seus companheiros para oferecerem opções.

Foi mal: Bruno Gomes comete erros

O promissor volante Bruno Gomes não foi bem, errou a maioria das jogadas que tentou e, afobado em alguns momentos, preocupou por já estar com cartão amarelo. Ele foi substituído no segundo tempo por Juninho.

Foi bem: Rodrigo Dourado controla meio-campo

Rodrigo Dourado foi destaque do Inter em campo. Além do gol, o volante controlou as ações pelo centro do campo e mostrou toda importância que tem para o time de Abel Braga.

Foi mal: Mauricio não consegui produzir

Utilizado como titular, Mauricio não convenceu a comissão técnica. O meia não conseguiu produzir as jogadas esperadas no setor ofensivo e mostrou fragilidades defensivas. Foi sacado no intervalo.

Rodrigo Dourado abre o placar

Logo aos nove minutos do primeiro tempo, Moisés cruzou para Rodrigo Dourado, que subiu mais alto que a zaga do Vasco e cabeceou com estilo para abrir o placar para o Inter.

Dourado diz que árbitro não conseguiu usar VAR

O lance do gol de Rodrigo Dourado foi bem difícil, e o VAR foi acionado para verificar a possibilidade de um impedimento. Porém, segundo o próprio jogador, a tecnologia não teria sido utilizada.

"Não sei o que aconteceu. Eu acabei fazendo o gol, e o juiz falou que eles (VAR) não estavam conseguindo fazer a linha lá em cima, por isso demorou um pouco. Mas eu estava numa posição legal e o gol foi bonito", disse à TV Globo, na saída de campo.

Vasco reclama bastante

Após tomar ciência da situação no vestiário, o Vasco voltou ao campo para o segundo tempo muito revoltado, e jogadores e comissão técnica pressionaram e reclamaram com a arbitragem.

Cano perde pênalti

No segundo tempo, Cano caiu dentro da área, e o pênalti foi assinalado após verificação no VAR. O próprio argentino foi para a cobrança e chutou para fora, para total desespero dos vascaínos.

Vestiário do Vasco tem mensagens de torcedores

Em uma forma de transmitir motivação aos jogadores antes do decisivo jogo contra o Internacional, o Vasco colou no vestiário mensagens que torcedores enviaram nas redes sociais.

Torcedores recepcionam ônibus do Vasco

Cerca de 20 torcedores do Vasco recepcionaram com cânticos e bandeiras o ônibus que levou a delegação ao estádio de São Januário.

A entrada em campo do Inter

FICHA TÉCNICA
VASCO 0 X 2 INTERNACIONAL

Data: 14/02/2021 (Domingo)
Local: estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (Fifa/SP)
Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa/SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)
VAR: José Cláudio Rocha Filho (SP)
Cartões amarelos: Bruno Gomes (VAS); Mauricio, Rodinei, Cuesta, Moisés (INT);
Gols: Rodrigo Dourado, do Inter, aos 9 minutos do primiero tempo; Thiago Galhardo, aos 50 minutos do segundo tempo (INT)

VASCO
Fernando Miguel; Léo Matos (Pikachu), Ricardo Graça, Leandro Castan e Henrique (Neto Borges); Bruno Gomes (Juninho), Léo Gil, Martín Benítez e Carlinhos; Germán Cano e Talles Magno.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

INTERNACIONAL
Marcelo Lomba; Rodinei, Lucas Ribeiro, Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson, Praxedes (Nonato), Caio Vidal (Galhardo) e Mauricio (Lindoso); Yuri Alberto.
Técnico: Abel Braga