PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Avó de Roberto Carlos é vacinada contra covid-19 em SP

Grismalia dos Santos Silva foi a primeira idosa com mais de 90 anos vacinada em Cordeirópolis (SP) - Divulgação / Prefeitura de Cordeirópolis
Grismalia dos Santos Silva foi a primeira idosa com mais de 90 anos vacinada em Cordeirópolis (SP) Imagem: Divulgação / Prefeitura de Cordeirópolis

Felipe de Souza

Colaboração para o UOL, em Campinas (SP)

07/02/2021 12h00

A idosa Gismalia dos Santos Silva, 100, avó do ex-jogador de futebol Roberto Carlos, atual embaixador do Real Madrid, foi a primeira idosa com mais de 90 anos a ser vacinada contra a covid-19 em Cordeirópolis, interior de São Paulo.

A imunização aconteceu na manhã de ontem na casa onde ela mora com o filho, Oscar Pereira da Silva, 70, pai de ex-craque da seleção.

"Para nós é um alívio. Com a graça de Deus ela está bem e com a vacina aumenta a nossa tranquilidade. Firme e forte aos 100 anos de idade", disse Oscar ao UOL.

O ex-jogador, campeão do mundo com a Seleção Brasileira em 2002, ainda não se pronunciou nas redes sociais sobre a vacinação da avó.

Venceu a covid-19 no ano passado

Segundo a Secretária de Saúde de Cordeirópolis, Jordana Cassetário Gardezani, Gismalia foi escolhida por ter enfrentado a covid-19 no ano passado e conseguido superar a doença.

Com dificuldade para respirar, a idosa foi levada a um hospital da cidade vizinha de Limeira (SP), em agosto do ano passado. Segundo o filho, a falta de ar começou "de um dia para outro".

Grismalia ficou exatamente 30 dias na enfermaria, sempre com o uso de oxigênio. Ela não precisou de intubação ou atendimento na UTI. "E essa foi a sorte dela", lembra o filho.

Após receber alta, ainda precisou utilizar um tubo de oxigênio por mais alguns meses, até ser considerada curada definitivamente da covid-19.

Na cidade de 24 mil habitantes, a expectativa da prefeitura é que 140 idosos acima de 90 anos sejam imunizados.

"Vamos seguir a estimativa da campanha da influenza, que foi a última vacinação em massa, que recebemos aproximadamente 140 cordeiropolenses, ou seja, estamos preparados para atingir 100% desse público", explicou Jordana.

Futebol