PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Palmeiras: Abel minimiza gol contra "caricato" e justifica atuação ruim

Do UOL, em São Paulo

21/01/2021 22h17

Classificação e Jogos

Abel Ferreira disse que o gol contra cometido pelo Palmeiras foi "caricato", mas minimizou a trapalhada ocorrida entre Kuscevic e Luan no lance que abriu o caminho para a vitória do Flamengo, no estádio Mané Garrincha. Mesmo jogando com praticamente a mesma equipe que goleou o Corinthians na segunda, o Verdão criou pouco, e o técnico deu méritos ao time de Rogério Ceni por isso.

"É caricato, mas vemos acontecer nas melhores equipes do mundo. Não deveria acontecer, mas aconteceu, e a grande primeira oportunidade [do jogo] é nossa. Quando se joga contra equipes do nosso nível, com qualidade, temos de aproveitar as oportunidades. É um adversário que precisa dar a vida para ganhar o campeonato, pois não tem mais nada a ganhar e hoje fez uma primeira parte com muita posse de bola, sem criar muito, mas nos desgastou. Nosso adversário é perito nisso, pela experiência e qualidade", explicou.

"Corrigimos alguns posicionamentos para ter a bola, e no momento que a tínhamos, só nos últimos cinco ou dez minutos empurramos eles para trás. Tivemos, mais uma vez, uma dinâmica boa [no segundo tempo], uma oportunidade com o Menino para empatar, não conseguimos. Futebol é isso. Parabéns ao Flamengo, que hoje foi melhor", acrescentou.

Para Abel, o principal problema do primeiro tempo foi a dificuldade para sair da marcação alta do adversário, forçando o uso de lançamentos. Quando conseguiu corrigir no intervalo, porém, o Palmeiras continuou sofrendo para chegar na meta de Hugo.

"Quando faz isso [marcação alta], de forma organizada, obriga muitas vezes a ter este recurso [de usar a bola longa], porque não vamos construir na frente da área, com o risco de nos colocar em perigo. Muito por culpa da pressão do nosso adversário e porque deveríamos ter posto nosso meias a jogar com uma movimentação que corrigimos no intervalo. Pressão e culpa do nosso adversário", completou.

Com o resultado, o Palmeiras perdeu a chance de encostar no líder Internacional e está a oito pontos de distância, mas ainda com um jogo a menos. Na quinta posição, o time enfrenta o Ceará, domingo (24), às 16h, na Arena Castelão.

Palmeiras