PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Após Solidariedade, PT aciona STF por vitória de Leven na eleição do Vasco

Candidato Leven Siano, da chapa Somamos, se considera o presidente eleito do Vasco da Gama - Divulgação / Chapa Somamos
Candidato Leven Siano, da chapa Somamos, se considera o presidente eleito do Vasco da Gama Imagem: Divulgação / Chapa Somamos

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

11/01/2021 19h27

O diretório nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) entrou com um pedido de parte interessada na ação movida pelo Solidariedade no Supremo Tribunal Federal (STF) que tem como objetivo dar a vitória da eleição do Vasco ao candidato Leven Siano, da chapa "Somamos".

Em decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), Jorge Salgado, da "Mais Vasco", foi declarado o vencedor e já iniciou o processo de transição com o atual presidente do clube, Alexandre Campello.

A ação do PT tem um total de oito páginas e é assinada pelos advogados Angelo Longo Ferraro, Marcelo Winch Schmidt e Miguel Filipi Pimentel Novaes. Nos pedidos, o documento destaca:

"Por todo o exposto, o Partido dos Trabalhadores requer, respeitosamente, inicialmente, a sua admissão do presente feito da qualidade de amicus curiae, sendo autorizada a sua participação na ocasião de julgamento, bem como a distribuição de memoriais".

"E, no mérito, o Partido dos Trabalhadores espera contribuir com esse e. Supremo Tribunal Federal no sentido de demonstrar a necessidade de provimento da presente ação, de modo a se preservar a autonomia das entidades desportivas, e adotar as providências apontadas em exordial pelo partido Arguente".

Salgado: "É uma vergonha e um insulto ao Vasco"

Considerado presidente eleito pelo TJRJ, Jorge Salgado se manifestou através de seu perfil no Twitter repudiando as ações do Solidariedade e do PT. O empresário classificou a movimentação como uma "vergonha e um insulto ao Vasco":

Vasco