PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Da estreia com Luxa à tentativa de retomada no Vasco: Talles revê Botafogo

Talles Magno foi revelado nos profissionais justamente por Vanderlei Luxemburgo, que retornou ao Vasco - Bruno Braz / UOL Esporte
Talles Magno foi revelado nos profissionais justamente por Vanderlei Luxemburgo, que retornou ao Vasco Imagem: Bruno Braz / UOL Esporte

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

10/01/2021 04h00

Em 2 de junho de 2019, aos 13 minutos do segundo tempo, o então técnico Vanderlei Luxemburgo colocou em campo uma promessa do Vasco que daria o que falar. Talles Magno, aos 16 anos, fazia sua estreia como profissional diante do Botafogo. Passados um ano e meio, o jovem reencontra o rival hoje (10), às 20h30, em São Januário (RJ), novamente com o treinador que o lançou, mas desta vez em um cenário diferente, longe da euforia de outrora e tentando recuperar o futebol que encantou e causou surpresa a todos.

Naquela ocasião, Talles se tornou o jogador mais novo a atuar pelo Vasco no século XXI. E mesmo tão garoto, pareceu não sentir a pressão. Dali em diante, puxou os holofotes para si com um estilo ousado de dribles e muita habilidade. Estava ali, reluzente, a mais nova joia valiosa do clube.

Monitorado por gigantes europeus, o atacante foi convocado para o Mundial sub-17 com a seleção brasileira em outubro de 2019. Na campanha, que culminou com o título para o país, tudo ia bem, até que uma grave lesão muscular nas quartas de final o deixou afastado dos gramados até o final da temporada, frustrando os planos do Vasco de uma venda milionária.

Fratura em piscina natural

Veio então 2020 e a expectativa se renovou. Ainda fora de ritmo, sentiu um pouco o início do Campeonato Carioca, até que veio uma folga de Carnaval, em fevereiro, e o jovem foi, junto aos familiares, para uma pousada em Paraty, no litoral sul do Rio de Janeiro.

Quando se refrescava em uma piscina natural anexa a uma cachoeira, escorregou, pisou em falso e acabou fraturando o quinto metatarso do pé esquerdo — lesão semelhante à de Neymar, em 2018. O drama tinha retornado.

Colocação de pino e longa recuperação

Assim como o craque do PSG (FRA), Talles Magno também precisou colocar um pino na região da lesão em cirurgia realizada em uma clínica particular na Barra da Tijuca (zona oeste do Rio).

O prazo mínimo de recuperação era de pelo menos três meses, mas durante o processo, veio a pandemia do coronavírus e o jovem acabou desfalcando a equipe menos do que se esperava.

Não voltou como antes

Talles Magno durante a partida entre Vasco e Atlético-GO: foi elogiado por Vanderlei Luxemburgo - Rafael Ribeiro / Vasco - Rafael Ribeiro / Vasco
Talles Magno durante a partida entre Vasco e Atlético-GO: foi elogiado por Vanderlei Luxemburgo
Imagem: Rafael Ribeiro / Vasco

Desde que retornou aos campos, porém, Talles Magno não desempenhou o mesmo futebol que encantou outrora, algo visto como natural num processo de amadurecimento de um jogador tão jovem.

Responsável por lançá-lo aos profissionais no melhor período do atacante, Vanderlei Luxemburgo retornou ao Vasco e mantém a paciência e confiança no atleta.

Em sua reestreia, o treinador o colocou como titular e gostou de seu desempenho no empate em 0 a 0 com o Atlético-GO, que fez o Cruz-Maltino sair da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

"Falei para o Talles que ele tinha de driblar, ele é diferente. Ele já começou a fazer uma graça, eu gostei", avaliou Luxa.

A tendência é a de que Talles Magno seja mantido entre os titulares na partida de hoje (10), contra o Botafogo, às 20h30, em São Januário (RJ).

Vasco