PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Renato diz que faltou tranquilidade ao Grêmio: "Tínhamos que vencer"

Do UOL, em Porto Alegre

22/11/2020 23h25

Classificação e Jogos

Renato Gaúcho disse que faltou tranquilidade ao Grêmio para conseguir vencer o Corinthians, hoje (22). Com dois jogadores a mais durante boa parte da partida, o Tricolor empatou em 0 a 0 e ainda quase levou um gol, num lance "inadmissível" na opinião do técnico.

"Faltou tranquilidade para construir as jogadas, para finalizar. Tivemos dois jogadores a mais, pressionamos, fiz as trocas que achei necessário, mas temos que dar méritos ao Corinthians que soube defender bem. Não é desculpa, tínhamos que vencer a partida. Poderíamos ganhar posições. Mas futebol é assim mesmo, às vezes não dá para vencer mesmo com dois jogadores a mais. Seguimos próximos aos primeiros e com um jogo a menos. Estou feliz pelo grupo, o Grêmio está em três competições e muito bem em todas", afirmou Portaluppi.

O Grêmio não só ficou no 0 a 0 como por pouco não sofreu o gol. Fagner, após cruzamento, obrigou Vanderlei a fazer uma defesa muito complicada, que poderia ser o gol corintiano.

"A verdade é que o Grêmio criou mais quando estava 11 contra 11. Facilitamos para defesa adversária, faltou muita coisa", disse Renato.

"Aquele lance (do Fagner) é inadmissível. Com dois jogadores a mais, o adversário não pode nem chegar perto da nossa área. Imagina ter uma chance daquelas que o Corinthians teve. Já falei com o grupo e vamos conversar de novo. Daqui a pouco o jogador pensa que por estar com dois a mais, o jogo já acabou, não precisa mais marcar como antes. E o rival corre em dobro quando fica com jogadores a menos. Poderíamos ter vencido, daríamos um passo importante na tabela. Mas ganhamos um ponto, somamos mais um, e estamos cinco atrás do líder, com um jogo a menos", completou.

O Grêmio, agora, se prepara para o confronto de quinta-feira, contra o Guarani-PAR, pelas oitavas de final da Libertadores. No Brasileiro, o Tricolor ocupa o oitavo lugar.

Grêmio