PUBLICIDADE
Topo

Liverpool

'Se fosse negro, teria sido demitido', diz ídolo do Liverpool sobre Klopp

Nascido na Jamaica, John Barnes jogou pela seleção da Inglaterra - Clive Mason/Getty Images
Nascido na Jamaica, John Barnes jogou pela seleção da Inglaterra Imagem: Clive Mason/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

13/11/2020 18h46

Ídolo do Liverpool, o ex-jogador John Barnes afirmou que Jürgen Klopp poderia ter sido demitido do clube em suas duas primeiras temporadas se fosse negro. À 'PlayOJO', Barnes disse que os principais clubes do Campeonato Inglês discriminam treinadores negros e ingleses.

"Em circunstâncias diferentes, ele teria perdido o emprego. Se ele fosse negro, teria perdido o emprego naqueles primeiros dois anos", opinou. A declaração foi dada após a renúncia do presidente da federação inglesa de futebol (FA), Greg Clark, que usou a expressão "jogadores de cor" para se referir aos atletas negros.

Barnes apontou que Frank Lampard, do Chelsea, único inglês no comando entre os seis primeiros no Campeonato Inglês, como exceção, porque tem uma "ligação especial" com o Chelsea. "Se Klopp fosse inglês, teria perdido emprego".

"Aqui, a ideia de discriminação é um pouco estranha, porque há um grupo de pessoas que são discriminadas no futebol inglês e, ao mais alto nível, na Premier League", disse.

Em cinco anos no cargo, Klopp conquistou a Liga dos Campeões e o Campeonato Inglês nas últimas duas temporadas.

Liverpool