PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Odair Hellmann fala de campanha do Flu, Dunga e estrangeiros em Os Canalhas

Odair Hellmann vive bom momento no Fluminense - MARCOS SOUZA/ESTADÃO CONTEÚDO
Odair Hellmann vive bom momento no Fluminense Imagem: MARCOS SOUZA/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

09/11/2020 19h20

Técnico que conseguiu uma das melhores campanhas do primeiro turno do Campeonato Brasileiro no comando do Fluminense, Odair Hellmann é o entrevistado do programa Os Canalhas desta terça-feira, a partir das 14h, no UOL Esporte, e fala sobre o trabalho no clube carioca.

Em papo com os jornalistas João Carlos Albuquerque e Rodrigo Viana, Odair fala sobre a perspectiva que o trabalho no Fluminense tinha antes do Brasileirão, as dificuldades financeiras e seu trabalho de mesclar atletas experientes como Fred e Nenê com jovens formados no clube, e o desafio de manter o nível apresentado durante o primeiro turno.

"Dentro de uma avaliação inicial, lá no início do ano, e falando especificamente em Campeonato Brasileiro, se você pegar um retrospecto do Fluminense nos últimos 4 anos, realmente a disputa foi por não cair. E campeonatos disputando a fase na zona de rebaixamento do início ao final, isso gera uma intranquilidade e uma desconfiança sempre para o campeonato seguinte, e também tem que estabelecer que o Fluminense vem de uma dificuldade financeira enorme, e ela não mudou", diz o treinador.

"Eu espero que aqui a gente possa repetir isso. Só terminou o primeiro turno, eu espero que a gente consiga manter isso o que a gente vem fazendo no primeiro turno para lá no final do ano a gente visualizar e dizer 'conseguimos'. Mas é uma caminhada difícil", completa.

Além do Fluminense, o treinador também relembra as dificuldades em seu período como jogador, o acidente com o ônibus do Brasil de Pelotas, em 2009, e a gratidão que tem a Dunga pela ajuda na carreira de treinador.

"Foi o Dunga que me subiu como auxiliar técnico em 2013, da base para ser o auxiliar técnico da comissão permanente do Internacional. E foi o Dunga que em 2015, dois anos depois, que me indicou para ser o auxiliar técnico da seleção brasileira sub-17. Então eu tenho muita gratidão pela ajuda, por tudo o que o Dunga fez na minha vida e eu tenho certeza que ela foi transformada pessoalmente e profissionalmente pelas oportunidades que o Dunga gerou para mim. Então faço um agradecimento público ao Dunga e vou fazer sempre, eternamente", diz Hellmann.

Os Canalhas: Quando e onde?

O programa Os Canalhas vai ao ar toda terça-feira, às 14h, com programa inédito, disponível na home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte no Youtube e no Facebook e Twitter, com os jornalistas João Carlos Albuquerque e Rodrigo Viana entrevistando personalidades importantes do esporte brasileiro. Inscreva-se no canal Os Canalhas no Youtube para conferir mais de João Carlos Albuquerque e Rodrigo Viana.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol