PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Bastidores: eleição no São Paulo adia renovação e 'fico' de Hudson no Flu

Fluminense e Hudson desejam renovação, mas São Paulo adia decisão no mercado da bola por conta das eleições - Mailson Santana/Fluminense FC
Fluminense e Hudson desejam renovação, mas São Paulo adia decisão no mercado da bola por conta das eleições Imagem: Mailson Santana/Fluminense FC

Caio Blois e Thiago Fernandes

Do UOL, no Rio de Janeiro e em São Paulo

09/11/2020 18h09

Fluminense e São Paulo têm uma negociação no mercado da bola para resolver ainda em 2020. Emprestado pelos paulistas aos cariocas até 31 de dezembro, Hudson deseja seguir no Rio de Janeiro, vontade também do clube das Laranjeiras.

Imerso nas eleições internas, entretanto, o time do Morumbi só deve decidir algo sobre a situação após saber quem será seu presidente a partir de 2021. O Flu deseja uma renovação mais extensa do que o Campeonato Brasileiro, que vai até fevereiro do próximo ano, e já procurou o estafe do jogador, que acenou positivamente com a permanência.

Internamente, a intenção é manter Hudson pelo menos até o fim de 2021, quando se encerra seu contrato com o São Paulo. Um dos líderes do elenco comandado por Odair Hellmann, o volante conta com a admiração da comissão técnica e da diretoria.

Do lado paulista da Via Dutra, os são-paulinos não contam com Hudson a princípio. O técnico Fernando Diniz, inclusive, referendou o empréstimo ao Fluminense, onde trabalhou em 2019. Mas o treinador não tem seu emprego garantido com o próximo presidente, e por isso todos preferem esperar o resultado das eleições e a escolha de um novo comandante para o time.

Futebol