PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Robinho vê hipocrisia em críticas: 'Entre homem e mulher tem sexo oral'

Robinho, atacante do Santos - Divulgação
Robinho, atacante do Santos Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/10/2020 00h52

O atacante Robinho, que teve seu contrato suspenso com o Santos ontem, afirmou que vê muita hipocrisia por parte de seus críticos - o atleta tem sido tema de debate na internet e em programas de TV por conta da condenação em primeira instância por estupro, na Itália -, argumentando que todos sabem que sexo oral faz parte de uma relação entre homem e mulher.

"Em uma relação entre homem e mulher tem sexo oral, a gente sabe. As pessoas são muito hipócritas. A gente sabe que tem jornalistas que saem com mulheres, que bebem, que usam drogas até, e que agora estão me atacando por isso", disse Robinho no Aqui com Benja, do Fox Sports, em entrevista exibida hoje.

A declaração do jogador acontece um dia depois de virem à tona transcrições do julgamento na Itália em que o jogador afirma que "a mulher estava completamente bêbada" e admitiu ter praticado sexo oral com ela, o que ele disse não considerar uma prática sexual.

Comparação com Bolsonaro

Robinho afirmou estar se sentindo como o presidente Jair Bolsonaro. O atacante afirmou que assim como o presidente, ele tem sido alvo de 'ataques sem provas'. Para o atacante, a imprensa brasileira prioriza notícias ruins.

"Estou me sentindo meio um Bolsonaro, está todo mundo me atacando (...). Na Turquia e na Itália não teve essa repercussão toda. Aqui no Brasil, eles priorizam notícias ruins. O pessoal só quer ganhar like. Olha o que fizeram com o presidente sem ter provas. Estão me acusando sem provas. Você liga a televisão no país, só falta sair sangue da TV. Infelizmente é o país que a gente vive" Mas, uma hora a verdade vai aparecer", complementou.

UOL Esporte vê TV