PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2020

Cássio erra, Corinthians perde do Ceará e fica no Z4 à espera de Mancini

Do UOL, em São Paulo

11/10/2020 22h26Atualizada em 12/10/2020 00h08

Classificação e Jogos

Perto de anunciar Vagner Mancini como seu novo técnico, o Corinthians entrou de vez na zona de rebaixamento ao perder de virada para o Ceará, por 2 a 1, no Castelão, em confronto da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Depois de sair na frente com Léo Natel, após frango de Fernando Prass, Gil, contra, e Fernando Sobral, de pênalti, marcaram para a virada do Vozão, que jogou com um a menos por meia hora. A penalidade foi cometida por Cássio, após erro na saída de bola. Ele foi expulso depois de o jogo acabar.

O jogo era um confronto direto entre equipes que lutam contra a degola e que estavam há quatro partidas sem vencer. Com o resultado, o Ceará encerra a sequência e chega a 18 pontos, na 11ª colocação. O Corinthians, sem vencer há cinco rodadas, ainda com 15, é o 17º. Apenas Coritiba (13 pontos), Red Bull Bragantino (12), e Goiás (9) têm campanhas piores que o Timão.

Depois de ter feito provavelmente a despedida sob o comando de Dyego Coelho, o Corinthians volta a jogar na quarta (14), contra o Athletico, na Arena da Baixada. A expectativa é de que até lá, Mancini tenha resolvido os detalhes para iniciar o trabalho.

Coelho muda em sua "despedida"

Minutos antes de a partida começar, o UOL Esporte revelou que o Corinthians tem conversas adiantadas com Vagner Mancini, hoje técnico do Atlético-GO. Depois do jogo, o presidente Andrés Sanchez admitiu que o acerto com o treinador deve sair nesta segunda-feira.

Então, naquela que pode ser sua despedida do comando técnico do Timão, o interino Dyego Coelho fez uma mudança importante: mandou Jô para o banco de reservas e escalou a equipe sem centroavante. Luan foi o escolhido para jogar mais adiantado, abrindo espaço para os pontas.

Fernando Prass falha no gol de Léo Natel, do Corinthians - Foto: Caio Rocha/FramePhoto/Folhapress - Foto: Caio Rocha/FramePhoto/Folhapress
Imagem: Foto: Caio Rocha/FramePhoto/Folhapress

Prass leva frango

Ídolo do arquirrival Palmeiras, Fernando Prass cometeu um grande erro no gol do Corinthians. Léo Natel chutou forte de fora da área, o camisa 1 do Vozão tentou encaixar, mas acabou apenas amortecendo a bola, que entrou lentamente no gol. Frangaço do goleiro de 42 anos de idade.

Gil iguala com outra falha

Quando o Corinthians corria menos risco no primeiro tempo, o Ceará chegou ao empate, graças a outra falha, esta do Timão. Após cruzamento de Léo Chú para dentro da área, Gil tentou o desvio e mandou contra a própria meta, decretando o 1 a 1 no Castelão.

Eduardo é expulso e chuta cabine do VAR

Uma disputa de bola sem perigo na linha de fundo acabou gerando a expulsão de Eduardo, lateral-direito do Ceará, que havia substituído Samuel Xavier, lesionado, ainda no primeiro tempo. Ao proteger a bola, ele jogou o braço contra Léo Natel, que reclamou de agressão. Após análise do árbitro de vídeo, Anderson Daronco decidiu dar o cartão vermelho, revoltando a equipe da casa. Na saída para o vestiário, Eduardo ainda chutou a cabine do VAR.

Cazares e Jô entram para o abafa, sem sucesso

A partir do momento que ficou com um jogador a mais, Coelho decidiu mudar a formação corintiana: tirou o volante Gabriel para colocar o meia-atacante Cazares, e Mantuan para dar lugar a Jô. A ideia era aproveitar a superioridade numérica e pressionar o Ceará, mas sem grande sucesso. Com o Vozão apostando em contra-ataques bem pontuais, a partida foi ataque do Timão contra defesa dos donos da casa. Até Gil virou um "segundo centroavante" para aproveitar sua altura. Mesmo assim, não funcionou.

Cássio faz pênalti e é expulso após o jogo

Sem conseguir incomodar Fernando Prass, o Corinthians foi castigado nos minutos finais. O time foi tentar sair tocando de dentro da sua área, e Cássio errou o passe. Na sequência, o goleiro derrubou Kelvyn, para evitar que o adversário chegasse na bola. Daronco marcou o pênalti, confirmado pelo vídeo, e Fernando Sobral, nos acréscimos, fez o gol da vitória do Vozão, que só aumenta o calvário corintiano. Depois da partida, Cássio foi reclamar com Anderson Daronco e acabou expulso.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ 2 x 1 CORINTHIANS

Data: 11 de outubro de 2020, domingo
Horário: 20h30 (de Brasília)
Competição: Campeonato Brasileiro (15ª rodada)
Local: Castelão, em Fortaleza (CE)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves e Michael Stanislau (ambos do RS)
VAR: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)
Cartões amarelos: Léo Chú, Rafael Sobis, Guto Ferreira (CEA)
Cartões vermelhos: Eduardo (CEA); Cássio (COR)
Gols: Léo Natel, aos 14 minutos do primeiro tempo (0-1); Gil (contra), aos 33 minutos do primeiro tempo (1-1); Fernando Sobral, aos 45 minutos do segundo tempo (2-1)

CEARÁ: Fernando Prass; Samuel Xavier (Eduardo), Tiago, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Fabinho, Charles, Fernando Sobral e Vina (Lima); Léo Chú (Kelvyn) e Rafael Sobis (Leandro Carvalho). Técnico: Guto Ferreira

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Bruno Méndez, Gil e Lucas Piton (Sidcley); Gabriel (Cazares), Ederson (Roni), Ramiro, Mantuan (Jô) e Léo Natel (Gustavo Mosquito); Luan. Técnico: Coelho.