PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Botafogo segura empate com o Vasco e avança na Copa do Brasil

Do UOL, no Rio de Janeiro

23/09/2020 23h27

Classificação e Jogos

Jogando com uma marcação bem sólida, o Botafogo segurou o empate em 0 a 0 com o Vasco hoje (23), em São Januário (RJ), e avançou para as oitavas de final da Copa do Brasil. O Alvinegro tinha essa vantagem da igualdade no placar por ter vencido o jogo de ida, no estádio Nilton Santos (RJ), por 1 a 0, com gol de Matheus Babi.

O Botafogo só conhecerá seu próximo adversário na competição após sorteio a ser realizado pela CBF ainda sem data definida. Vale lembrar que nesta fase entram os times que disputam a Copa Libertadores.

No fim de semana, os clubes viram a chave para o Campeonato Brasileiro. O Vasco recebe o Red Bull Bragantino em São Januário, já o Botafogo visita o Atlético-GO em Goiânia.

Benítez "entra no jogo" no segundo tempo

Principal articulador de jogadas do Vasco, Martín Benítez esteve apagado no primeiro tempo, mas entrou no jogo na etapa final e passou a incomodar a zaga alvinegra com dribles e chutes a gol.

Honda dá movimentação

O meia Honda, assim como na última semana, foi um dos principais nomes do Botafogo. O japonês conseguiu aproveitar um espaço que havia no meio de campo do Vasco e fez o time "girar" a bola. Desta troca de passes saíram algumas jogadas que assustaram o time da casa.

Bastos mal na transição

Fellipe Bastos disputa lance com Caio Alexandre durante Vasco x Botafogo na Copa do Brasil 2020 - Thiago Ribeiro/AGIF - Thiago Ribeiro/AGIF
Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

O volante Fellipe Bastos não fez a transição entre a defesa e o ataque como se esperava, o que trouxe dificuldade ao Vasco na criação das jogadas. Na marcação, também cedeu espaços. Foi substituído no intervalo por Marcos Júnior.

Kalou em outro ritmo

O atacante marfinense Kalou pareceu estar em um ritmo diferente do restante do time. O camisa 8 tomou algumas decisões erradas no momento do passe e, em certos momentos, prendeu demais, travando o ataque.

Primeiro tempo ruim

Na etapa inicial, sobrou carrinho e faltou futebol. Os dois times estavam muito nervosos e, apesar de apresentarem muita disposição, pouco acertaram e quase não criaram chances de gols. O lance mais perigoso foi um chute de fora da área de Andrey, onde Gatito Fernández fez uma bela defesa.

Clássico quente

Ao longo do clássico, alguns duelos ríspidos foram travados. Ribamar e Foster, por exemplo, trocaram empurrões. Castan e Babi não se desgrudaram e o zagueiro vascaíno chegou a rasgar o meião do botafoguense com um carrinho. Talles Magno e Honda duelaram na bola, mas com muita pegada.

Minutos de silêncio

Aquecimento do Vasco

Chegada do Botafogo

FICHA TÉCNICA
VASCO 0 X 0 BOTAFOGO

Competição: Copa do Brasil (quarta fase)
Data: 23 de setembro de 2020, quarta-feira
Hora: 21h30 (de Brasília)
Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Neuza Ines Back (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)
Cartões amarelos: Leandro Castan, Henrique, Fellipe Bastos, Andrey, Benítez (VAS); Rafael Forster, Benevenuto, Honda (BOT)
Cartão vermelho: não houve
Gols: Nenhum

Vasco: Fernando Miguel, Yago Pikachu (Carlinhos), Miranda, Leandro Castan e Henrique (Neto Borges); Andrey, Fellipe Bastos (Marcos Júnior) e Martín Benítez; Ribamar (Vinícius), Germán Cano e Talles Magno (Ygor Catatau). Técnico: Thiago Kosloski

Botafogo: Gatito Fernandez, Kevin, Marcelo Benevenuto, Kanu, Rafael Forster e Victor Luis; Caio Alexandre (Rentería), Honda e Bruno Nazário (Rhuan); Kalou (Davi Araújo) e Matheus Babi (Pedro Raul). Técnico: Paulo Autuori

Futebol