PUBLICIDADE
Topo

Arsenal

Conversas com Edu e Arteta ajudaram a fechar com Arsenal, diz G. Magalhães

Zagueiro se mostrou animado com projeto do clube inglês - Reprodução/Arsenal
Zagueiro se mostrou animado com projeto do clube inglês Imagem: Reprodução/Arsenal

Do UOL, em São Paulo

01/09/2020 19h07

Anunciado hoje pelo Arsenal, Gabriel Magalhães se mostrou empolgado com o projeto do clube inglês. Em entrevista divulgada nas redes sociais, o zagueiro brasileiro disse que topou deixar o Lille (França) graças à persuasão de Edu Gaspar, coordenador técnico, e Mikel Arteta, treinador da equipe londrina.

"Edu foi uma pessoa que desde o começo me enviou mensagem, sempre conversava comigo. Ele me explicou também, como eu falei, do projeto de todo o clube. Tivemos muitas conversas boas, e a cada dia que foi passando, estava bastante ansioso também. Depois o treinador me ligou, conversou comigo. Isso, querendo ou não, motiva muito: receber mensagem do treinador, ele falar que quer ter você na equipe... Esse também foi um dos motivos para eu estar aqui", disse o defensor, que recebeu elogios de Arteta.

"A gente não conversou muito sobre isso, mas o que ele me falou é que ele sabe da minha qualidade, da minha capacidade, sabe onde eu posso chegar. Falou que vai ser bem exigente comigo. Sei que ele é um grande treinador, sei que irei evoluir muito mais com ele", acrescentou.

Revelado pelo Avaí e com passagens por clubes como Troyes (França) e Dinamo Zagreb (Croácia), Gabriel Magalhães estava no radar de clubes como Napoli e Everton. Para decidir pelo Arsenal, contou também com conselhos até de dirigentes do próprio Lille.

"Conversei com minha família, com meus agentes e até mesmo com os diretores do Lille. Como eu falei, a grandeza desse clube, a história que esse clube tem, o projeto que eles têm também para os próximos anos, isso me motivou muito a vir para cá. Graças a Deus estou aqui, vestindo a camisa do Arsenal. Espero dar meu melhor", afirmou.

Arsenal