PUBLICIDADE
Topo

Gerson elogia elenco do Fla e indica poder de adaptação ao novo técnico

Gerson, volante do Flamengo, em entrevista coletiva - Alexandre Vidal / Flamengo
Gerson, volante do Flamengo, em entrevista coletiva Imagem: Alexandre Vidal / Flamengo

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

29/07/2020 12h59

O assunto que ronda o Flamengo nos últimos dias é o avanço nas negociações com o catalão Domènec Torrent, que pode substituir o técnico Jorge Jesus. O volante Gerson garante confiança no trabalho da diretoria rubro-negra na busca por um treinador e afirma que o elenco estará preparado para se adaptar a um novo estilo de jogo, caso seja necessário.

"A gente acompanha pelas redes sociais que se comenta muito a chegada de treinador, mas deixamos essa parte para a diretoria. Ela vem fazendo um trabalho muito bom, temos total confiança. O nome que for escolhido vai ser bem recebido aqui no Mengão", disse ele, que completou:

"Nosso elenco tem jogadores bons e inteligentes, mas cada treinador tem seu jeito de jogar. Aquele profissional que vier, será bem recebido e temos de estar dispostos a aprender o mais rapidamente possível. Temos de estar sempre dispostos a nos encaixarmos naquilo que o comandante pede. Tínhamos um estilo de jogo, não sabemos como ele [novo treinador] gosta, mas temos de estar dispostos a mudar porque futebol é assim".

Ex-auxiliar de Pep Guardiola, Domènec já trabalhou com Rafinha no Bayern de Munique, da Alemanha. Segundo Gerson, o lateral-direito vem tendo pouco contato com o elenco por estar em trabalho de recuperação e, por isso, ainda não houve conversa sobre o possível novo técnico.

"O Rafa está meio machucado, então, estamos tendo pouco contato. O pouco que conheço é que ele vem trabalhando com o Pep Guardiola. Isso é o que conheço, sou novo e não posso falar muito".

Questionado sobre o interesse do Benfica, de Portugal, clube para o qual foi Jorge Jesus, o volante rechaçou qualquer contato e garantiu foco no Flamengo.

"Está saindo muita coisa, mas, para mim, não chegou nada. Meu foco é o Flamengo. Estou feliz aqui", ressaltou.

O jogador aproveitou para agradecer ao ex-técnico e salientar que a vida segue no Rubro-Negro.

"Não tivemos muito contato depois da saída, mais por mensagem. Ele teve a escolha dele, foi uma decisão pessoal. Temos de respeitar. Agradeço a ele por tudo. Ele foi embora, que Deus o abençoe, e o Flamengo continua", garantiu.

Flamengo