PUBLICIDADE
Topo

Inter pode forçar mudança de tabela para último jogo da fase do Gauchão

Ricardo Duarte
Imagem: Ricardo Duarte

Do UOL, em Porto Alegre

27/07/2020 04h00

Classificação e Jogos

O Internacional tem novos prováveis destinos para o último jogo da fase de grupos do returno do Campeonato Gaúcho. A diretoria vistoriou a Arena do Cruzeiro-RS, em Cachoeirinha, e também considera a chance de atuar em Vacaria, no estádio do Glória. A preferência é pela Arena do Cruzeiro, o que exigiria mudança na tabela de jogos.

A cogitação de atuar fora dos limites do Rio Grande do Sul, por enquanto, está suspensa.

Os dirigentes do Inter estiveram no estádio do Cruzeiro, inaugurado no ano passado, e gostaram do gramado. A grama tem sido motivo de dor de cabeça para Eduardo Coudet, que no sábado chegou a ironicamente ameaçar deixar o clube.

A Arena do Cruzeiro, que já havia sido visitada pelo Grêmio, tem um problema: iluminação. Sem refletores, o local não tem como receber partidas à noite. Com isso, a FGF deve autorizar jogos em horários diferentes na quarta-feira, mesmo que seja última rodada da fase.

O regulamento do Gauchão prevê todas as partidas simultâneas para não gerar desequilíbrio. A situação do novo coronavírus em solo gaúcho, e consequentes vetos municipais, são citados como argumento de força maior para adaptação da tabela de jogos.

"Estamos trabalhando com alternativas, procurando soluções", disse Alessandro Barcelos, vice de futebol do Internacional.

A preferência por Cachoeirinha, no cenário atual, se justifica pela logística. As outras alternativas ficam mais longe de Porto Alegre: Arena Alviazul, em Lajeado, e estádio do Glória, no município de Vacaria. O deslocamento para atuar como mandante também foi criticado, quando da realização do Gre-Nal 425 em Caxias do Sul.

"Ter de viajar duas horas para jogar em casa, com um estádio pronto, também é difícil", declarou Eduardo Coudet no sábado, após empate com o Esportivo em Bento Gonçalves.

No final de semana, Santa Cruz do Sul vetou jogos do time de Eduardo Coudet no município. Foi a quarta negativa de cidades do interior do Rio Grande do Sul ao Inter por conta da pandemia de Covid-19, que segue se agravando no estado.

Futebol