PUBLICIDADE
Topo

FPF e clubes confirmam a retomada do Paulistão para o dia 22 de julho

Reinaldo Carneiro Bastos, presidente da Federação Paulista de Futebol - Rodrigo Corsi/FPF
Reinaldo Carneiro Bastos, presidente da Federação Paulista de Futebol Imagem: Rodrigo Corsi/FPF

Danilo Lavieri e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

09/07/2020 13h15

Classificação e Jogos

Em teleconferência realizada hoje, a Federação Paulista de Futebol (FPF) e 16 clubes confirmaram a retomada do estadual da Série A1 para o dia 22 de julho. A última partida realizada na competição antes da paralisação por causa da pandemia do novo coronavírus foi realizada no dia 16 de março, entre Guarani e Ponte Preta, e válida pela décima rodada.

O torneio vai seguir o protocolo criado pela entidade e divulgado nesta semana. As medidas já tinham sido aprovadas pelo governador do Estado, João Dória. As partidas terão portões fechados para os torcedores e as delegações terão de cumprir uma série de regras (será restringido o acesso para menos de 200 pessoas aos estádios para evitar o contágio).

Inicialmente, as equipes gostariam de retomar a Paulistão apenas em agosto. Afinal, os clubes só foram liberados para treinar oficialmente no dia 1º de julho. Por isso, o plano era de que as equipes tivessem ao menos 30 dias de preparação — para se minimizar também os riscos de lesões.

Foi liberada a inscrição de jogadores até um dia antes do início dos confrontos — para atletas que foram recém-contratados, como é o caso de Jô, pelo Corinthians.

No entanto, como o Campeonato Brasileiro deve iniciar no fim de semana do dia 9 de agosto, havia a necessidade de adiantar o início do Estadual para não acontecer um conflito de agendas. Para encerrar o Paulistão ainda serão disputadas 24 partidas em seis datas (duas rodadas, quartas de final, semi e final).

Futebol