PUBLICIDADE
Topo

SPFC questiona pagamento e pede volta de Éverton Felipe. Cruzeiro rebate

Everton Felipe, emprestado ao Cruzeiro, é motivo de disputa do clube com o São Paulo, detentor de seus direitos - Douglas Magno/Light Press/Cruzeiro
Everton Felipe, emprestado ao Cruzeiro, é motivo de disputa do clube com o São Paulo, detentor de seus direitos Imagem: Douglas Magno/Light Press/Cruzeiro

José Eduardo Martins, Pedro Ivo Almeida e Thiago Fernandes

Do UOL, em São Paulo

03/07/2020 16h28

O São Paulo acionou a Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD) da CBF e pediu a volta imediata de Éverton Felipe. O clube alega que o Cruzeiro, time o qual defende por empréstimo, não ajuda no pagamento de parte dos salários de R$ 130 mil e ativa uma cláusula exigindo o retorno imediato do atleta de 22 anos. Na Toca da Raposa II, há a concepção de que o valor deve ser pago integralmente pelos paulistas e reembolsado posteriormente.

O clube do Morumbi fez duas notificações prévias ao Cruzeiro. No entanto, diz que jamais foi respondido. Há um mês, o Tricolor acionou a CNRD a fim de cobrar o parceiro pelo negócio. A situação, porém, ainda não avançou na entidade. O jurídico cruzeirense tenta estabelecer uma conversa com os são-paulinos e crê que não há motivo para a ação em curso.

Internamente, o Tricolor diz ter tentado um acordo com o Cruzeiro por diversas vezes. Todavia, o clube da capital paulista vê intransigência por parte dos mineiros nas conversas. Mesmo se houver rescisão de forma unilateral, o São Paulo pretende manter a cobrança dos valores estabelecidos em acordo.

O Cruzeiro adota uma postura combativa e espera um acerto entre as partes antes de apresentar uma defesa na CNRD. Os mineiros creem que o São Paulo deve pagar o salário integralmente e só depois precisam reembolsar o parceiro de negócio.

Proposta e novo empréstimo

Além do que considera ser um descumprimento do acordo, um dos motivos para a tentativa de volta de Éverton Felipe é o fato de haver novos interessados na contratação do jogador. O São Paulo já foi procurado por outros clubes para repassar o atleta no mercado da bola e gostou do que ouviu.

A oferta que chegou ao Morumbi é para fazer um novo empréstimo do jovem de 22 anos. Desta vez, contudo, o interesse vem de um clube da Série do Campeonato Brasileiro 2020. Os moldes de um possível acordo agradam à diretoria tricolor.

Futebol