PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Inter quer ficar com percentual para fechar saída de lateral ao Al Ain

Erik, de 19 anos, voltou para as categorias de base do Inter antes da pandemia - Ricardo Duarte/SC Internacional
Erik, de 19 anos, voltou para as categorias de base do Inter antes da pandemia Imagem: Ricardo Duarte/SC Internacional

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

29/06/2020 04h00

O Internacional negocia a transferência do lateral Erik ao Al Ain, dos Emirados Árabes Unidos. O negócio não atende nem de perto as necessidades financeiras do clube gaúcho, em crise desde antes da pandemia do novo coronavírus, mas pode ajudar a curto prazo.

O plano no Inter é ficar com 50% dos direitos do jogador. O percentual ainda está em discussão com os envolvidos no negócio. O item é o último a ser resolvido para a operação acontecer. Aos 19 anos, Erik está no time sub-20 depois de iniciar a temporada no elenco principal.

Erik apareceu no grupo principal na metade de 2019, jogou duas partidas e depois desceu para atuar no time B. Fez parte do elenco campeão do Brasileiro de Aspirantes antes de voltar a trabalhar na categoria de cima. Em janeiro deste ano, renovou até o final de 2022.

A oferta árabe por Erik é a única recebida pelo Internacional até agora. E o clube anseia por novas propostas de olho no dinheiro da transferência de jovens. É essa a motivação para liberar o lateral esquerdo, mesmo com poucas chances no time de cima.

O elenco de Eduardo Coudet, atualmente, tem Moisés, Uendel e Natanael como opções para lateral esquerda.

A situação de Gustagol não se enquadra na lista de ofertas. O atacante está emprestado ao Inter pelo Corinthians, que foi quem recebeu proposta do Jeonbuk Motors, da Coreia do Sul.

Futebol