PUBLICIDADE
Topo

Em ato menor, torcedores do Corinthians estendem faixa anti-Bolsonaro em SP

Adriano Wilkson

Do UOL, em São Paulo

28/06/2020 15h23

Torcedores do Corinthians que lideram o movimento "Somos Democracia" estenderam uma faixa contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na avenida Paulista, em São Paulo, hoje (28). Com a frase "Fora Bolsonaro", a faixa ocupa uma das vias da avenida, fechada para carros após pedido do grupo à Polícia Militar.

Trata-se da quarta manifestação do "Somos Democracia" no local desde o início da pandemia do novo coronavírus. Dessa vez, o grupo é visualmente menor do que o visto nos protestos anteriores. "Não tem problema que tenha pouca gente aqui hoje. Quando precisar as pessoas vêm pra rua", afirmou Chico Malfitani, um dos fundadores da "Gaviões".

Além de torcedores e ativistas pela democracia, o grupo reúne representantes de movimentos sociais como o MTST, de trabalhadores sem-teto, além do movimento negro, que levaram faixas em homenagem a vítimas da violência policial.

Chico Malfitani, um dos fundadores da "Gaviões", em protesto na Paulista - Adriano Wilkson/UOL - Adriano Wilkson/UOL
Chico Malfitani, fundador da Gaviões, em protesto na Av. Paulista contra Bolsonaro
Imagem: Adriano Wilkson/UOL

Um grupo de militantes do PCO (Partido da Causa Operária) também se manifesta na região, mas o grupo de torcedores pediu para que bandeiras de partido não se misturem a seu ato.

A organização do "Somos Democracia" afirmou que não pretende caminhar pela avenida, e o protesto ficará parado na frente do Masp, o Museu de Arte de São Paulo.

Os torcedores puxaram os protestos contra o fascismo, o racismo e o governo Bolsonaro em maio, quando um grupo da torcida "Gaviões da Fiel" foi interpelar manifestantes pró-governo que ocupavam a Paulista. Desde então, os atos têm tido adesão de outros torcedores e ativistas.

Futebol