PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

Participantes do BBB 2 não puderam assistir à final da Copa de 2002 ao vivo

A segunda edição do Big Brother Brasil aconteceu durante toda a disputa da Copa do Mundo de 2002 - Reprodução
A segunda edição do Big Brother Brasil aconteceu durante toda a disputa da Copa do Mundo de 2002 Imagem: Reprodução

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

12/04/2020 04h00

Rodrigo Cowboy, Manuela, Cida, Thyrso, Tarciana e Fabrício viveram uma situação inusitada há 18 anos. O sexteto estava confinado durante a segunda edição do Big Brother Brasil, reality show da Rede Globo, e não assistiu à final da Copa do Mundo 2002 ao vivo. O grupo soube da conquista do pentacampeonato da seleção brasileira horas depois do fim da partida contra a Alemanha ao ver lances do jogo que será reprisado hoje (12) pela emissora. Cida e Rodrigo prometem tirar o atraso.

O BBB 2 começou no dia 14 de maio, apenas 42 dias após o término da primeira edição do programa. Já a Copa do Mundo de 2002, disputada no Japão e na Coreia do Sul, teve início no dia 31 de maio, com término em 30 de junho. O reality show da Globo só acabou 23 dias depois, em 23 de julho.

"Foram muitos sentimentos ao mesmo tempo, era angústia e vontade de ver o jogo. A gente ficou confinado e até ouvia alguns barulhos [de fogos de artifício], mas não identificava o que era exatamente. Não foi fácil. A gente ficou louco por informações", disse a ex-BBB Cida, em entrevista ao UOL Esporte.

"Não teve muito impacto não, porque tava imbuído no confinamento. Mas a gente sempre escutava alguns fogos de artifício, mas era difícil saber o que era", ressaltou Rodrigo, o vencedor daquela edição.

Na abertura da Copa, além do sexteto, Thaís, Moisés, Jeferson e Fernando também estavam na casa. Àquela altura, apenas Rita e Tina tinham deixado o programa. O grupo com dez pessoas foi lembrado por Pedro Bial de que o Mundial havia começado. E souberam até do resultado do jogo.

"Vocês devem estar meio perdidos no tempo, mas vocês sabem que a Copa do Mundo já começou, não é? Primeiro jogo foi França x Senegal", informou o apresentador, cerca de 12 horas depois do jogo.

Depois de escutar alguns palpites, Bial disse que a seleção africana tinha vencido por 1 a 0. "A Copa começou com um zebrão", disse o apresentador, na ocasião.

No primeiro jogo do Brasil, que aconteceu no dia 3 de junho, a produção abriu uma exceção. Para ganharem o direito de assistir à partida contra a Turquia, os BBBs tiveram duas chances. Na primeira, falharam.

Durante a prova da comida, eles tinham de tentar marcar o número de gols estipulado pela produção, que era entre 180 e 220. Ao fazerem 331, desperdiçaram a oportunidade. Uma enquete feita durante o Fantástico, na véspera do jogo, salvou o grupo: 50,3% dos votantes concordaram com a liberação.

"A gente conseguiu ver pelo público, depois da votação. Tinha muito fanático lá, o Fernando, o Moisés e o Thyrso eram fanáticos. Eles ficaram meio bolados [de não ver os outros jogos]", frisou Rodrigo.

Copa - Murad Sezer/AP - Murad Sezer/AP
Ronaldo abre o placar para o Brasil contra a Alemanha: BBBs não viram a decisão do Mundial
Imagem: Murad Sezer/AP

Com muita festa e até fila na hora do hino nacional, os dez confinados assistiram à vitória por 2 a 1. Eles, entretanto, não puderam ver a sequência do Mundial, mesmo as partidas mais importantes, como os triunfos do Brasil sobre Bélgica, Inglaterra, Turquia (na semifinal) e Alemanha.

Coube ao apresentador Serginho Groisman contar a boa notícia. A informação foi repassada à casa apenas na tarde do dia 30 de junho, horas depois de o Brasil garantir o pentacampeonato. Na ocasião, o sexteto assistiu aos melhores lances da partida.

"Foi um escândalo dentro da casa, foi uma euforia que eu fiquei até rouca de tanto gritar", relembrou Cida, que promete que verá a reprise na Globo depois de 18 anos.

"Vou assistir e, dessa vez, estarei atenta, embora confinada de novo", afirmou, referindo-se à quarentena como consequência da pandemia do novo coronavírus.

"Vamos ter essa oportunidade hoje. Dezoito anos depois. Vou reunir a família aqui em casa e ver o jogo inteiro. Dessa vez vamos ver certinho", finalizou Rodrigo.

Seleção Brasileira