PUBLICIDADE
Topo

Juventus pode vender Cristiano Ronaldo para aliviar crise pelo coronavírus

02.fev.2020 - Cristiano Ronaldo comemora gol marcado pela Juventus contra a Fiorentina - Alberto Lingria/Xinhua
02.fev.2020 - Cristiano Ronaldo comemora gol marcado pela Juventus contra a Fiorentina Imagem: Alberto Lingria/Xinhua

Do UOL, em São Paulo

31/03/2020 08h28

Classificação e Jogos

A Juventus pode abrir mão de Cristiano Ronaldo em campo, por um bem maior: sua saúde financeira. De acordo com a imprensa italiana, o clube italiano estuda negociar o atacante português quando o mercado da bola reabrir, como forma de combater os efeitos da crise que deve se abater sobre os clubes devido à pandemia do coronavírus.

O jornal italiano Il Messagero afirmou que apenas uma redução dos salários de seus principais nomes, como anunciado pelo clube, não será o suficiente para resolver os problemas econômicos que a covid-19 provocará. Assim, Cristiano Ronaldo pode até ser vendido.

O clube estima que ele pode ser negociado por 70 milhões de euros no verão, o que seria sua primeira opção emergencial. O contrato de CR7 é válido até 2022.

Um problema é que o português de 35 anos tem um salário estimado em 30 milhões anuais.

O segundo cenário é manter CR7 até o esgotamento de seu contrato. O terceiro e renovar o acordo com ele por mais uma temporada, mas baixando valores e facilitando tanto uma saída, quanto diminuindo os gastos com o craque.

Juventus