PUBLICIDADE
Topo

Fluminense concede férias coletivas ao elenco; dirigentes reduzem salário

Técnico Odair Hellmann conversa com jogadores do Fluminense - Lucas Merçon / Fluminense F.C.
Técnico Odair Hellmann conversa com jogadores do Fluminense Imagem: Lucas Merçon / Fluminense F.C.

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

27/03/2020 21h37

O Fluminense informou, na noite de hoje (27), que concederá férias coletivas a todo departamento do futebol profissional masculino e feminino, além da base, envolvendo atletas, comissão técnica e staff dos Centros de Treinamentos. Além disso, dirigentes terão uma redução salarial de 15% enquanto "essa situação perdurar".

"(...) nós gerentes, diretores e prestadores de serviços do Fluminense Football Club decidimos agir da mesma maneira e pensar no coletivo, buscando auxiliar na preservação de salários e empregos daqueles que ganham menos. Entendemos o esforço do clube e dessa forma, propomos uma redução de 15% de nossos vencimentos, enquanto essa situação perdurar", diz trecho de comunicado divulgado.

De acordo com a nota divulgada pelo clube, o período de folga será até dia 20 de abril. Durante a tarde, o Tricolor já havia anunciado a suspensão das atividades por tempo indeterminado.

Nesta semana, a Federação de Futebol do Estado do Rio (Ferj) ampliou a paralisação do Campeonato Carioca para até o fim do mês de abril.

Veja notas do Fluminense:

"O Fluminense Football Clube informa que concederá Férias Coletivas a todo departamento do futebol profissional masculino e feminino, além da base, envolvendo atletas, comissão técnica e staff dos Centros de Treinamentos. O período será de 20 (vinte) dias a contar de 01/04/2020 até 20/04/2020. Os 10 dias restantes das férias serão concedidos ao final da temporada de 2020, após o término das competições. A direção do Tricolor irá aguardar, ao longo desses 20 (vinte) dias, novas orientações das autoridades de saúde quanto ao possível retorno das atividades".

"Rio de Janeiro,27 de março de 2020.

Ao Exmo Sr. Presidente do Fluminense Football Club - Mario Bittencourt

A pandemia de COVID- 19 nos impõe alguns grandes desafios. Em primeiro lugar, salvar vidas. Por isso o esforço coletivo do distanciamento social. hora de ficar em casa. De proteger a todos desse vírus.

Na sequência, é natural que surja uma grande preocupação com a questão econômica. O tamanho desse dano ninguém sabe ao certo, mas é inegável que ele virá, e, para aqueles que ganham menos, será ainda maior.

Por conta disso, nós gerentes, diretores e prestadores de serviços do Fluminense Football Club decidimos agir da mesma maneira e pensar no coletivo, buscando auxiliar na preservação de salários e empregos daqueles que ganham menos. Entendemos o esforço do clube e dessa forma, propomos uma redução de 15% de nossos vencimentos, enquanto essa situação perdurar.

Sabemos que apenas isso não solucionará todo o problema que afetará o Clube e seus funcionários, mas estamos felizes em poder contribuir de alguma forma.

Fluminense