PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Everton Ribeiro assume os holofotes e vive noite de protagonista no Fla

Everton Ribeiro abre o placar para o Flamengo contra o Junior Barranquilla, pela Libertadores - REUTERS/Luisa Gonzalez
Everton Ribeiro abre o placar para o Flamengo contra o Junior Barranquilla, pela Libertadores Imagem: REUTERS/Luisa Gonzalez

Alexandre Araújo e Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

05/03/2020 04h00

Contratado para ser um dos protagonistas de um Flamengo que começava a dar sinais de força no mercado da bola, Everton Ribeiro nunca perdeu o seu status de titular absoluto, mas viu os holofotes se voltarem para outros nomes badalados que foram chegando para reforçar o grupo ao longo dos anos.

Considerado por muitos colegas de clube como o maior craque do elenco, Everton viveu ontem (4) contra o Junior Barranquilla uma rara noite de astro da companhia. Autor dos dois gols na estreia rubro-negra na Libertadores (vitória por 2 a 1), o camisa 7 assumiu o papel de artilheiro em uma noite sem Bruno Henrique e com Gabigol um pouco descalibrado. Geralmente contido diante das câmeras, o meia fez mais uma partida de um futebol nada discreto.

"Foi um jogo difícil, a equipe deles é muito forte fisicamente. Estava difícil de jogar de costas, mas conseguimos ser fatais. Nas bolas que tivemos, tivemos capricho. Todo mundo está de parabéns. Começamos com o pé direito e, agora, é seguir em frente", disse ele, em entrevista à "Globo".

Ainda que os gols não sejam tão frequentes, a relação do capitão com a arquibancada foi construída em torno da qualidade do seu jogo. Um dos jogadores mais regulares do elenco, aliou técnica com uma dose extra de disposição desde a chegada de Jorge Jesus e é um dos que têm seu nome gritado com mais força pelos torcedores. Ao ser questionado sobre quem era o melhor jogador do Rubro-negro, Filipe Luís cravou o nome do colega e o comparou a Messi:

"Nosso Messi é o Everton Ribeiro. A bola cai no pé dele e é um espetáculo. O melhor é o Everton Ribeiro. Ele vai destruir numa pelada, ele vai dar show. Quem fará mais gol? O Gabigol. Quem é decisivo? O Bruno Henrique. Mas o meu colete para escolher um jogador primeiro é o Everton Ribeiro".

Apesar da noite artilheira na Colômbia, Ribeiro já tinha marcado duas vezes em outras ocasiões pelo Flamengo. Contra Emelec (EQU), Cruzeiro e San José (BOL) ele já havia atingido este feito.

Everton Ribeiro comemora um de seus gols contra o San José - Thiago Ribeiro/AGIF - Thiago Ribeiro/AGIF
Everton Ribeiro comemora um de seus gols contra o San José
Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

O Fla dá um tempo na competição continental e volta suas atenções para o Carioca. No sábado (7), a equipe encara o rival Botafogo, 18h, no Maracanã. Na próxima quarta (11), o time recebe a visita do Barcelona (EQU), pela Libertadores.

Flamengo