PUBLICIDADE
Topo

Lyon bate Juventus e sai na frente por vaga em quartas da Liga dos Campeões

Gol da partida foi marcado por Lucas Tousart ainda no primeiro tempo - Eric Gaillard/Reuters
Gol da partida foi marcado por Lucas Tousart ainda no primeiro tempo Imagem: Eric Gaillard/Reuters

Do UOL, em São Paulo

26/02/2020 18h54

Classificação e Jogos

O Lyon sofreu, especialmente nos minutos finais, mas fez sua parte. Em jogo hoje pelas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, o time francês recebeu a Juventus e venceu por 1 a 0, dando um importante passo na briga por uma vaga nas quartas. Lucas Tousart fez o gol da partida.

Agora, os dois times voltam a se encontrar no dia 17 de março, em Turim, para definir quem avança. A Juventus precisa de qualquer vitória por dois ou mais gols para se garantir entre os oito melhores da Champions; já o Lyon avança com vitória, empate ou derrota por um gol de diferença, desde que marque pelo menos uma vez. Vitória italiana por 1 a 0 leva o confronto à prorrogação.

Lyon não se intimida

Mesmo fora de casa, a Juve teve sua primeira grande chance logo aos 4 minutos da etapa inicial. Alex Sandro passou de calcanhar, Cristiano Ronaldo conduziu pela esquerda e cruzou; a bola desviou em Jason Denayer, quase encobriu o goleiro Anthony Lopes e saiu pela linha de fundo antes que Juan Cuadrado conseguiusse chegar.

Mas o Lyon não se intimidou. Aos 20, Houssem Aouar cobrou escanteio pela esquerda do ataque, Karl Toko Ekambi desviou na primeira trave sem sair do chão e mandou a bola no travessão do goleiro Wojcieh Szczesny.

Aos 30, o time francês teve mais uma oportunidade, não vacilou e fez o gol do jogo. Após boa troca de passes com Maxwel Cornet pela esquerda, Houssem Aouar foi à linha de fundo e cruzou; Lucas Tousart apareceu na primeira trave e escorou no contrapé de Szczesny para fazer 1 a 0.

Dybala lidera Juve em busca de empate

No segundo tempo, com Cristiano Ronaldo apagado, Paulo Dybala tentou as melhores chances da Juventus. Aos 23 minutos, o argentino recebeu na esquerda o cruzamento de Alex Sandro e bateu para fora, à direita do gol. Depois, aos 28, tentou o passe na entrada da área para Aaron Ramsey, mas a defesa apareceu antes e cortou.

Com 38 minutos, o astro português subiu para tentar cabecear o cruzamento pela direita e caiu pedindo pênalti de Jason Denayer. A arbitragem viu contato normal e mandou o jogo seguir, apesar dos protestos.

Na pressão, a Juve quase chegou ao empate aos 39 minutos. Paulo Dybala chegou pela direita e centrou rasteiro para Gonzalo Higuaín, que dominou na primeira trave e bateu para fora.

Já no fim, aos 42, Dybala recebeu belo passe em profundidade de Rodrigo Betancur, dominou pela direita na área e mandou para as redes. A arbitragem, porém, assinalou corretamente o impedimento e invalidou o gol de empate. O argentino ainda pediu mais um pênalti aos 44, mas o juiz novamente não deu.