PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Com 6 gols em 7 jogos, Jesualdo ainda busca um ataque ideal para o Santos

GUILHERME DIONÍZIO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO
Imagem: GUILHERME DIONÍZIO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/02/2020 04h00

Em 2019, o Santos era reconhecido nacionalmente como uma equipe que jogava intensamente e que extraía o máximo de um elenco enxuto, sendo o setor ofensivo bastante elogiado. Virou o ano, e a principal dificuldade da equipe é balançar as redes adversárias: o técnico Jesualdo Ferreira ainda não conseguiu encontrar o ataque ideal.

Com o tropeço contra o Ituano, fora de casa, o Santos chega em 2020 com a marca negativa de seis gols em sete partidas, média de menos de um tento por jogo. Vale destacar que, neste mesmo período no ano passado, o Peixe tinha anotado 16 gols, quase o triplo da marca atual.

Uma das dificuldades até então para o técnico português é encontrar uma formação ideal e dar sequência a ela, já que até o momento, foram sete partidas e seis escalações ofensivas diferentes.

Até o momento, os trios usados por Jesualdo Ferreira foram: (1) Marinho, Kaio Jorge e Eduardo Sasha; (2) Arthur Gomes, Raniel e Eduardo Sasha; (3) Tailson, Uribe e Raniel; (4) Kaio Jorge, Raniel e Eduardo Sasha; (5) Raniel, Soteldo e Eduardo Sasha e (6) Arthur Gomes, Soteldo e Eduardo Sasha.

O trio Soteldo, Eduardo Sasha e Raniel foi o único repetido até o momento —nos jogos contra o Botafogo e a Ferroviária. Porém, o comandante não pôde fazer isso pela terceira vez seguida pois Raniel sentiu-se mal na última partida e não tinha condições físicas de entrar neste sábado contra o Ituano.

Com alguns resultados ruins recentes, o treinador precisa encontrar rapidamente uma forma do time marcar mais gols, já que na próxima semana a equipe encara o Palmeirase o Santos precisa mostrar um bom desempenho pois o único confronto contra um grande até o momento foi um dos piores jogos do time no ano (derrota para o Corinthians por 2 a 0). Além disso, mais um tropeço pode fazer com que os adversários encostem no Peixe na tabela de classificação do Grupo A do Campeonato Paulista.

Futebol