PUBLICIDADE
Topo

Adilson aprova Cruzeiro no clássico e cita evolução em melhor teste do ano

Em quatro jogos no comando da Raposa em 2020, Adilson venceu três e só empatou o clássico contra o América - Bruno Haddad/Cruzeiro
Em quatro jogos no comando da Raposa em 2020, Adilson venceu três e só empatou o clássico contra o América Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

09/02/2020 18h54

Classificação e Jogos

Mesmo ciente das carências do Cruzeiro, o técnico Adilson Batista aprovou o time no empate por 1 a 1 contra o América-MG. Além de se tratar de um clássico, a partida ganhou uma importância especial, já que as duas equipes se enfrentarão pela Série B do Brasileiro. Além disso, o rival foi até aqui o adversário que mais se aproxima dessa nova realidade que espera a Raposa após a disputa do Campeonato Mineiro. Em sua coletiva de imprensa, Adilson elogiou a evolução da garotada.

"Foi um bom jogo, um bom teste, contra um adversário que vem fazendo um grande trabalho desde o ano passado, marcando alto, pressionando, trabalhando bem a bola. Tivemos dificuldades, mas depois melhoramos, com poder de reação. Acho que foi um bom teste. O América quase subiu no ano passado, os nossos meninos mostraram que também podem crescer", disse o treinador.

Cruzeiro x América

Depois de um primeiro tempo muito equilibrado, o Cruzeiro voltou com mais apetite na etapa final, mas continuou com dificuldades para parar o bom ataque do América. O gol de Ademir, que abriu o marcador para o Coelho, caiu como ducha de água fria, mas quando a partida estava encaminhada para uma derrota celeste, Mauricio acertou um belo chute de fora e deixou tudo igual.

"Algumas vezes nós erramos sem a bola, deveríamos ter encurtado um pouco mais. Eles estavam fazendo muitas jogadas de profundidade. Mas é importante valorizar, temos um mês de trabalho, tem que ter um pouco de paciência, entender o processo. Eu já vejo uma evolução", acrescentou o técnico.

Cruzeiro