PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Inter decide jogo cedo, vence Botafogo-SP e vai à semifinal da Copinha

Time gaúcho fez 2 a 0 em 30 minutos e depois administrou jogo em Araraquara - Leonardo Fister/SC Internacional
Time gaúcho fez 2 a 0 em 30 minutos e depois administrou jogo em Araraquara Imagem: Leonardo Fister/SC Internacional

Do UOL, em Porto Alegre

17/01/2020 21h04

Classificação e Jogos

O Internacional venceu o Botafogo-SP por 2 a 0, hoje (17), em Araraquara, e avançou à semifinal da Copa São Paulo. Os gols de Praxedes e Cesinha, no primeiro tempo, traduziram uma partida segura do time gaúcho. Mesmo depois de resolver o duelo cedo, o clube colorado ainda criou chances para ampliar no segundo tempo.

Agora, o Inter encara o Corinthians, que eliminou o Athletico-PR, na semifinal do torneio.

Quem foi bem: Cesinha

O camisa 10 do Inter marcou um dos gols do jogo, mas sua importância foi além: distribuiu bons passes e fez partida digna de um dos destaques do time.

Melhor defesa da Copinha

Com o jogo encerrado, o Inter se mantém como time menos vazado da competição. A equipe levou apenas dois gols até aqui e, mesmo com reservas, fez bom jogo em Araraquara.

Controle desde o início

O Inter conseguiu ditar o ritmo do jogo desde o início e abriu o placar cedo. A boa finalização de Praxedes, logo aos seis minutos, adicionou mais tranquilidade ao time gaúcho. Do outro lado, o Botafogo-SP se enervou. Errou mais e caiu em um ciclo vicioso. Ainda no primeiro tempo, a boa jornada do Internacional rendeu novo gol.

Se a abertura do placar nasceu na esquerda, o 2 a 0 começou em avanço pela direita. Cesinha cabeceou e deslocou o goleiro, aos 30 minutos da primeira etapa.

O desempenho do Inter passou por uma defesa próxima e bem adiantada. Contudo o meio-campo foi responsável por controlar a dose de pressão e intensidade. Ora mais controlado, ora mais elétrico.

Depois do intervalo, o Internacional esperou mais os espaços que o Botafogo-SP obrigatoriamente teria de ceder para buscar o placar. O time paulista sofreu para encaixar o ataque diante de uma zaga sem brechas.

Futebol