PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro recua sobre manutenção de Adilson Batista: "Estamos conversando"

Adilson Batista não sabe se permanecerá como treinador do Cruzeiro em 2020 - Vinnicius Silva/Cruzeiro
Adilson Batista não sabe se permanecerá como treinador do Cruzeiro em 2020 Imagem: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Enrico Bruno e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

13/12/2019 11h39

Resumo da notícia

  • A demissão de Zezé Perrella do cargo de gestor de futebol deixou a situação de Adilson Batista indefinida no Cruzeiro
  • Clube chegou a confirmar a permanência do treinador no cargo, mas recuou e diz que "está conversando" sobre a sua manutenção
  • Márcio Rodrigues, novo vice de futebol do clube, é quem conversa com Adilson Batista. Ele estuda a possibilidade de segurá-lo em 2020

A demissão de Zezé Perrella do cargo de gestor de futebol deixou a situação de Adilson Batista indefinida no Cruzeiro. Márcio Rodrigues, novo vice-presidente, afirma que ainda não acertou a permanência do técnico para 2020, mesmo que o clube tenha confirmado a sua manutenção na tarde de ontem.

Diretoria e comissão técnica ainda conversam sobre o contrato que será firmado na próxima temporada, quando a equipe disputará a Série B do Campeonato Brasileiro.

"Não [está definida a situação do Adilson Batista], mas estamos conversando", afirmou Márcio Rodrigues, novo vice de futebol do clube, em rápido contato telefônico com o UOL Esporte.

Em que pese o discurso adotado pelo dirigente, na tarde de ontem, o clube havia confirmado a manutenção do treinador em 2020. A mudança de postura é devido à necessidade de acertar os moldes do vínculo.

Adilson Batista foi contratado pelo Cruzeiro a três rodadas do fim do Brasileirão 2019. Sob a sua batuta, o time não marcou gols e tampouco conquistou pontos. Foram três derrotas seguidas, diante de Vasco, Grêmio e Palmeiras. Os resultados culminaram na inédita queda da equipe para a Série B.

Cruzeiro