PUBLICIDADE
Topo

Paulo Nobre fala sobre saída de Prass e critica "infelizes" no Palmeiras

Paulo Nobre, ex-presidente do Palmeiras - Keiny Andrade - 24.nov.2016 / Folhapress
Paulo Nobre, ex-presidente do Palmeiras Imagem: Keiny Andrade - 24.nov.2016 / Folhapress

Colaboração para o UOL, em São Paulo

07/12/2019 16h11

O anúncio da saída de Fernando Prass no Palmeiras rendeu uma homenagem do ex-presidente Paulo Nobre, que administrou o clube entre 2013 e 2016, período que teve a primeira temporada do goleiro ainda na Série B pelo time alviverde, uma reestruturação profunda nas contas e as conquistas de dois títulos nacionais, um deles com alto protagonismo de Prass na final da Copa do Brasil de 2015.

Mas Nobre, que está rompido com a atual gestão de Maurício Galiotte, não poupou críticas e disse que o clube tem "infelizes que não souberam respeitar um ídolo". Para o ex-presidente, que não nomeou os "infelizes", a história de Fernando Prass no Palmeiras não será apagada pela saída ao fim da temporada, lembrando ainda que ele fez o gol do título do torneio nacional há quatro anos, quando bateu o pênalti decisivo na disputa de penalidades com o Santos no Allianz Parque.

Palmeiras