PUBLICIDADE
Topo

Bahia e Vasco empatam em jogo com influência do VAR

Do UOL, no Rio de Janeiro

05/12/2019 21h19

O VAR teve uma participação importante no empate em 1 a 1 entre Bahia e Vasco hoje (5), na Fonte Nova (BA), pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. O árbitro de vídeo entrou em ação em dois lances de penalidade, assinalando o do Tricolor baiano —convertido por Gilberto— e anulando o do Cruzmaltino, ambos no primeiro tempo. O gol vascaíno saiu no segundo tempo, com Marrony.

Tanto o Bahia quanto o Vasco já entraram em campo classificados para a Copa Sul-Americana de 2020 e disputavam diretamente posições na tabela, o que é importante em termos de premiação final da competição. Com o resultado, os baianos seguem um ponto na frente dos cariocas.

Na última rodada, neste domingo (8), às 16h, o Bahia visita o Fortaleza, na capital cearense, e o Vasco recebe a Chapecoense, no Maracanã (RJ).

Bahia tem controle e Vasco dificuldades

O Bahia não fez uma grande partida, mas organizado e se fazendo valer de um jogador a mais, conseguiu controlar o jogo. O Vasco, por sua vez, já vinha encontrando dificuldades para criar oportunidades antes de sofrer o gol, algo que ficou ainda pior depois do 1 a 0. Com isso, o Cruzmaltino passou a explorar cruzamentos e bolas paradas, sem sucesso. Até que Arthur Caíke foi expulso aos 36 minutos do segundo tempo e as equipes voltaram a ficar em igualdade de jogadores, já que Ricardo Graça havia recebido o vermelho na etapa inicial. Com isso, o Vasco foi para cima e buscou o empate.

Pikachu não consegue protagonismo

Com tantos desfalques, as expectativas foram depositadas em Yago Pikachu, que foi deslocado para atuar mais avançado. O jogador, porém, foi muito marcado e não conseguiu ser protagonista no Vasco.

O melhor - Gilberto

Além do gol, o atacante do Bahia incomodou constantemente a defesa do Vasco seja abrindo espaços ou fazendo o papel de pivô.

O pior - Andrey

Desatento, perdeu bolas perigosas, errou passes e chegou atrasados em lances onde acabou cometendo falta.

Richard abre o queixo

O volante Richard, do Vasco, se chocou aos 18 minutos do primeiro tempo com Élber e acabou abrindo o queixo. Ele precisou de atendimento médico na beira do gramado.

VAR cancela pênalti para o Vasco

Aos 27 minutos do primeiro tempo, Raul sofreu um contato de Moisés e caiu na área. O árbitro deu pênalti para o Vasco, mas após três minutos de consulta ao VAR, decidiu por anular a infração.

VAR assinala pênalti para Bahia e expulsa zagueiro

Aos 40 do primeiro tempo, Ricardo Graça esticou o pé direito muito alto para tirar uma bola cruzada e acabou o chocando na cabeça de Gilberto. O atacante ficou sangrando e o VAR foi acionado. A arbitragem entendeu o lance como pênalti e ainda expulsou o zagueiro vascaíno.

Gilberto fura a rede na cobrança

Após ser atendido pelos médicos e ter colocado uma touquinha de natação, Gilberto pediu para bater. Na cobrança, chutou forte, no canto esquerdo, e furou a rede ao fazer o gol sobre Fernando Miguel.

Balaço no travessão!

Logo aos quatro minutos do segundo tempo, Flávio experimentou um chute forte de fora da área e a bola explodiu no travessão de Fernando Miguel.

Arthur Caíke expulso

Aos 36 minutos do segundo tempo, Arthur Caíke, que já havia recebido cartão amarelo, foi expulso após falta dura e deixou as equipes com igualdade de jogadores em campo.

Marrony empata para o Vasco

O Vasco chegou ao empate aos 39 minutos do segundo tempo, quando o jovem Gabriel Pec foi à linha de fundo e deu uma bela assistência para Marrony que, com categoria, chutou rasteiro, deslocando o goleiro Douglas.

Bahia é mais organizado

O Bahia mostrou-se mais organizado ao longo dos 90 minutos, saindo com as linhas bem armadas e não dando espaço com seu sistema defensivo bem postado.

Vasco sente a falta de Guarín e Rossi

Suspensos, Guarín e Rossi fizeram falta ao Vasco na partida de hoje. O clube não conseguiu ter organização de jogadas no meio de campo e nem velocidade nas saídas de contra-ataque, características encontradas no meia colombiano e no atacante.

Bahia homenageia contribuidores

O Bahia atuou com uma camisa que continha os nomes dos 263 colaboradores do financiamento coletivo do museu do clube que será construído na Fonte Nova.

Castan e Henríquez foram poupados

A dupla de zaga titular do Vasco foi poupada por fadiga muscular: Leandro Castan e Oswaldo Henríquez. Os outros desfalques foram Guarín e Rossi, suspensos.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 1 X 1 VASCO

Data: 05 de dezembro, quinta-feira
Hora: 16h (horário de Brasília)
Local: Arena Fonte Nova, Salvador (BA)
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)
Auxiliares: Frederico Soares Vilarinho (MG) e Ricardo Junio de Souza (MG)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)
Cartões amarelos: Arthur Caíke (BAH); Richard (VAS)
Cartões vermelhos: Arthur Caíke (BAH); Ricardo Graça (VAS)
Gols: Gilberto, aos 44 minutos do primeiro tempo (BAH); Marrony, aos 39 minutos do segundo tempo (VAS)

BAHIA: Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca (Wanderson), Juninho e Moisés; Gregore, Flávio e João Pedro; Artur, Élber (Arthur Caíke) e Gilberto (Fernandão). Técnico: Roger Machado

VASCO: Fernando Miguel, Raul Cáceres (Fellipe Bastos), Werley, Ricardo Graça e Henrique; Richard, Raul (Gabriel Pec), Yago Pikachu e Andrey; Ribamar (Marcos Júnior) e Marrony. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Futebol