Topo

Futebol


Fortaleza vence o Goiás e garante vaga na Sul-Americana de 2020

Thalles, do Goiás, disputa lance com Juninho, do Fortaleza - Heber Gomes/AGIF
Thalles, do Goiás, disputa lance com Juninho, do Fortaleza Imagem: Heber Gomes/AGIF

Do UOL, em São Paulo

01/12/2019 17h59

Mesmo sendo uma das piores equipes jogando como visitante no Campeonato Brasileiro deste ano, o Fortaleza fez valer a boa fase e venceu o Goiás por 2 a 1, no estádio Serra Dourada, gols de Bruno Melo e Osvaldo e garantiu mais três pontos importantes na tabela de classificação. Rafael Moura descontou para os donos da casa, que veem o sonho de classificar para a Libertadores ainda mais distante.

O resultado faz com que a equipe comandada pelo técnico Rogério Ceni ultrapasse o adversário deste fim de semana, já que ambas as equipes possuem 49 pontos, porém o Leão tem uma vitória a mais, primeiro critério de desempate do Brasileirão. Além disso, o Fortaleza garante de vez a vaga na Sul-Americana de 2020, já que não tem como ficar atrás da 14° posição.

Na próxima rodada, o Fortaleza joga novamente fora de casa, desta vez diante do Fluminense, que vinha correndo sérios riscos de rebaixamento mas ficou com sua situação mais tranquila após duas vitórias seguidas. Já o Goiás terá jogo complicado, pois enfrenta o Palmeiras, uma das equipes classificadas de maneira direta para a fase de grupos da Copa Libertadores da América do ano que vem.

O Melhor: Osvaldo

O meia-atacante foi o grande destaque do sistema ofensivo do Fortaleza, que mostrou muita eficiência nas jogadas rápidas criadas nos contra-ataques. Para coroar sua atuação, Osvaldo marcou o segundo gol do Leão após boa jogada pela direita, aos 25 minutos do primeiro tempo.

O Pior: Alan Ruschel

O lateral-esquerdo do Goiás teve muita dificuldade de marcar os meias-atacantes do Fortaleza, principalmente nos primeiros trinta minutos de jogo - espaço de tempo em que saíram os dois gols do Fortaleza pelo lado de campo em que o defensor protege. O jogador foi o primeiro a ser substituído na partida, aos 17 minutos da segunda etapa.

Atuação do Goiás

Os dois gols marcados ainda no primeiro tempo fizeram com que o time comandado pelo técnico Ney Franco perdesse a pouca intensidade do começo do jogo - mesmo com um time com bons talentos no sistema ofensivo, a equipe não conseguiu se desvencilhar da forte marcação do Fortaleza. No entanto, a bela jogada de Michael e Rafael Moura fez com que o time fosse com a desvantagem menor para o vestiário.

Atuação do Fortaleza

O Fortaleza escalado pelo técnico Rogério Ceni conseguiu aplicar com muita frieza a estratégia de marcar bem os meio-campista do Goiás e partir em rápidos contra-ataques. Os primeiros minutos davam a impressão de que o time precisaria de mais para sair com os três pontos do estádio Serra Dourada, porém o Leão foi fatal nas duas oportunidades que teve no primeiro tempo, com Bruno Melo e Osvaldo.

História do Jogo

A partida no estádio Serra Dourada começou morna e as duas equipes procuravam mais erros do adversário do que impor um ritmo intenso e ter o controle do jogo. Com isso, eram raras os chutes ao gol e as chances reais de alterar o placar eram praticamente inexistentes nos primeiros quinze minutos de confronto entre goianos e tricolores.

Porém, logo após esse período mais fraco tecnicamente, o Fortaleza abriu o placar aos 16 minutos após cobrança de escanteio e cabeçada precisa do lateral-esquerdo Bruno Melo - o goleiro Tadeu até tentou evitar, mas não conseguiu desviar a tempo. O lance foi o primeiro de perigo do time visitante, que até aquele momento tinha dificuldade de chegar na área adversária.

Após o gol, o jogo começou a ficar mais "com a cara" do time visitante, que conseguia aproveitar os espaços em rápidos contra-ataques, principalmente com os meias mais avançados Osvaldo e Romarinho. O momento do Leão era tamanho que o segundo gol saiu exatamente dez minutos após o primeiro, em jogada trabalha e inteligente do sistema ofensivo, com conclusão precisa de Osvaldo, que chutou com força, sem qualquer chance para Tadeu, um dos melhores goleiros de todo o Campeonato Brasileiro.

Tudo indicava que a partida estava decisiva, porém uma bela jogada de Michael fez com que Rafael Moura aparecesse na frente de Felipe Alves e diminuísse o placar, dando uma maior esperança para o torcedor esmeraldino.

O segundo tempo foi marcado pela pressão total do Goiás, que ganhou ânimo depois do gol nos acréscimos do primeiro tempo e tentava, ao menos, o empate. No entanto, a equipe pecava nas finalizações e Michael perdeu a melhor oportunidade aos 15 minutos, quando ficou totalmente livre, de frente para Felipe Alves, porém chutou mal e viu o arqueiro tricolor evitar mais um tento dos esmeraldinos. Com isso, o placar se manteve 2 a 1 a favor dos visitantes, que comemoraram o triunfo e a vaga para o torneio continental.

A Torcida

A torcida do Goiás não lotou o estádio, porém compareceu um bom número para prestigiar a equipe e apoiar o grupo de jogadores que fizeram uma grande e surpreendente campanha neste ano - além de ficar longe da zona de rebaixamento por quase todo o torneio, a equipe Esmeraldina ainda briga para terminar na parte de cima da classificação.

Ficha Técnica
Goiás 1 x 2 Fortaleza

Campeonato Brasileiro da Série A - 36° rodada
Local:
Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Árbitro: Dewson Fernados Freitas da Silva (PA)
Assistentes: Fábio Pereira (TO) e Helcio Araujo Neves (PA)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)
Cartões Amarelos: Michael (Goiás); Quintero (Fortaleza)
Público e Renda: 27.781 e R$ 268.235,00
Gol: Bruno Melo, aos 16 minutos, Osvaldo aos 25 e Rafael Moura aos 44 minutos do primeiro tempo.

Goiás:.Tadeu; Yago Rocha, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Alan Ruschel (Jefferson); Thalles (Rafinha), Léo Sena e Gilberto; Michael, Rafael Moura e Leandro Barcia. Técnico: Ney Franco

Fortaleza: Felipe Alves; Gabriel Dias, Quintero, Paulão e Bruno Melo; Araruna, Juninho, Edinho (André Luís), Osvaldo (Marlon) e Romarinho; Kieza (Wellington Paulista). Técnico: Rogério Ceni

Futebol