Topo

Futebol


Corinthians vence Avaí por 3 a 0 e sobe para 7ª colocação no Brasileiro

Samir Carvallho

Do UOL, em São Paulo (SP)

27/11/2019 23h21

O Corinthians venceu o Avaí por 3 a 0 hoje (27), na Arena de Itaquera, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com a vitória, o Alvinegro subiu da oitava para sétima colocação. Isso porque o Internacional perdeu para o Goiás, em Porto Alegre. Agora o Timão soma 53 pontos, contra 51 dos gaúchos.

O resultado também foi importante para manter a vantagem de quatro pontos em relação ao Goiás, que não para de subir na tabela e chegou a 49 pontos. O gols do Corinthians foram marcados por Gustagol aos 21 minutos do primeiro tempo, e Junior Urso aos seis e Boselli aos 41 minutos do segundo tempo.

Na próxima rodada, o Corinthians enfrenta o Atlético-MG, domingo, às 18h (de Brasília), no estádio Independência. Já o Avaí encara o Fluminense no mesmo dia, às 16h (de Brasília), na Ressacada.

Quem foi o melhor: Gustagol aproveita chance com gol e assistência

O atacante Gustagol aproveitou a oportunidade. Com os três centroavantes disponíveis (ele, Vagner Love e Boselli), Dyego Coelhou escolheu o camisa 19. Ele não decepcionou. Além de abrir o placar, de cabeça, após cobrança de escanteio de Clayson, o centroavante ainda deu assistência para Junior Urso fazer o segundo gol.

Quem foi o pior: Janderson pouco fez em campo

Janderson, jovem atacante, foi um dos piores em campo e não aproveitou a oportunidade mais uma vez. Ele se atrapalhou com a bola em algumas jogadas e escolheu mal a maioria da definição das jogadas. Foi substituído por Jadson na segunda etapa.

Pedrinho se destaca centralizado no meio

Pedrinho foi um dos melhores do Corinthians hoje (27), assim como já ocorreu na derrota para o Botafogo, no Rio de Janeiro, e na vitória contra o Fortaleza, na estreia de Coelho. O camisa 38 inicia grande parte das jogadas mais perigosas de ataque, inclusive, com arrancadas da intermediária. A maioria dos lances passa por ele. Hoje, Pedrinho "esticou" bolas para os pontas e centroavantes (Gustagol e depois Boselli), além de arriscar chutes a gol e dribles de efeito, como os chapéus que já são costumeiros pelo meia em jogos.

Corinthians ataca muito é é premiado com gol de peito

O time de Coelho gosta de atacar o tempo todo, porém em alguns momentos do jogo, enfrenta dificuldades por conta da mudança radical de sistema de jogo, com a saída de Fábio Carille, técnico que prioriza o sistema defensivo. Muitas vezes, os atacantes não sabem o que fazer com a bola e, por isso, dependem muito da qualidade técnica de Pedrinho em alguns momentos. No entanto, o Timão ficou no campo do adversário por bastante tempo e continuou no ataque mesmo com 2 a 0 no placar, por exemplo. Por conta disso, o Alvinegro foi "premiado" com o terceiro o gol, marcado de peito por Mauro Boselli após cruzamento de Fagner.

Avaí assusta só no início de jogo

O Avaí pressionou nos 15 minutos iniciais de jogo e chegou a dominar o Corinthians neste período. Aliás, o atacante Caio Paulista até arriscou duas finalizações dentro da área. O time de Coelho, inclusive, abriu o placar quando a equipe catarinense tinha o domínio da partida. Mas a falta de qualidade técnica não permitiu que o Avaí balançasse as redes em Itaquera.

Avelar é substituído com dor no ombro

O lateral-esquerdo Danilo Avelar foi substituído por Carlo Augusto aos nove minutos do segundo tempo. O camisa 35 sentiu dores no ombro e, por isso pediu para sair. O jovem lateral, que entrou em seu lugar, se mostrou mais ofensivo e arriscou jogadas de linha fundo e cruzamentos. Avelar, por sua vez, foi discreto e pouco passou do meio-campo enquanto esteve em campo.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 3 X 0 Avaí

Data: 27 de novembro de 2019, quarta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (FIFA-RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (FIFA-RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)
VAR: Rodolpho Toski Marques (PR)
Público: 17.441 pagantes
Renda: R$ 617.881,20

Gols: Gustagol aos 21 minutos do primeiro tempo, e Junior Urso aos seis e Boselli aos 41 minutos do segundo tempo (Corinthians)

Cartões amarelos: nenhum

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar (Carlos Augusto); Gabriel, Júnior Urso, Pedrinho, Janderson (Jadson), Clayson; Gustavo (Boselli).
Técnico: Dyego Coelho.

AVAÍ: Vladimir; Léo (Igor Goularte), Marquinhos Silva, Kunde, Igor Fernandes; Luanderson, Richard Franco, Lourenço, João Paulo (Wesley), Caio Paulista; Vinícius Araújo.
Técnico: Evando Camillato.

Futebol